Política

ZFM, 54 anos: “Temos, sim, o que festejar”, diz Belarmino Lins

Apesar dos problemas atuais com o Ministério da Economia, que prossegue intransigente em relação ao polo de bicicletas, o deputado estadual Belarmino Lins (PP) ressaltou a importância da Zona Franca de Manaus para o desenvolvimento econômico do Estado do Amazonas.

“A ZFM é um gigantesco legado para nós”, disse o parlamentar ao discursar durante sessão especial híbrida da Assembleia Legislativa (Aleam), nesta terça-feira (2), em homenagem aos 54 anos do modelo, que contou com a participação do superintendente da Suframa, general Algacir Polsin, atendendo a propositura do deputado Adjuto Afonso (PDT).

“Nós temos, sim, o que festejar neste momento em que a ZFM completa 54 anos”, desabafou Belarmino, dirigindo-se ao general Polsin. Após destacar o desempenho do militar no comando da Suframa, o líder progressista distinguiu a Revolução de Março de 1964 por ter contemplado o Amazonas com grandes realizações, dentre as quais a ZFM e as rodovias BR-174 e BR-319.

“Com a ZFM, a Revolução proporcionou um extraordinário desenvolvimento econômico ao nosso Estado, melhorando a distribuição de renda”, discursou. Finalizando sua participação na sessão, ele lançou apelo ao presidente Jair Bolsonaro para que reveja a decisão do Ministério da Economia que penaliza o polo de bicicletas da ZFM com a redução, de 35% para 20%, da alíquota referente ao Imposto de Importação. “O polo é responsável por mais de cinco mil empregos e não pode ser penalizado assim”, disse Belarmino.

Deixe um comentário