Wilson Lima anuncia auxílio-fardamento para policiais militares e bombeiros do Amazonas

Foto: Diego Peres / Secom

O governador do Amazonas, Wilson Lima, anunciou, nesta sexta-feira (17/01), no Comando Geral da Polícia Militar do Estado, o pagamento do auxílio-fardamento para policiais militares e bombeiros. O benefício, de R$ 2.745 mil, será pago no mês de aniversário do policial.

O abono tem a proposta de custear os gastos com uniformes para o trabalho. Com o recurso disponibilizado no contracheque, policiais e bombeiros militares poderão comprar os fardamentos operacional e administrativo, coturnos, boina e acessórios como cinto e coldre. Em todo o Estado, 8,6 mil policiais e cerca de 700 bombeiros serão contemplados com a medida.

“Foi um compromisso assumido ano passado e significa dignidade, respeito e reconhecimento ao trabalho que é feito diariamente pelos policiais, que muitas vezes deixam suas famílias para garantir a tranquilidade e proteção da sociedade”, afirmou o governador. Wilson Lima destacou que o abono faz parte de medidas para valorizar a categoria e que refletem resultados positivos, como a redução de 5,9% no número de homicídios, 25% dos latrocínios e 6,5% dos roubos em 2019.

O comandante geral da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), coronel Ayrton Ferreira do Norte, destacou que o auxílio-fardamento é resultado do comprometimento com a corporação. “A tropa recebe essa notícia com felicidade. É uma medida de valorização do policial. Um ganho que retribuímos com trabalho de qualidade e a partir de agora, o policial estará na rua com o fardamento que reflete o cuidado que a Polícia Militar tem com a sociedade”, garantiu o comandante geral.

Antes, o Governo do Estado adquiria o fardamento por meio de licitação, processo que gerava custos e que apresentava entraves. Entre 2011 e 2017, a tropa ficou sem receber fardas por licitação ou por intermédio de abono. Quando assumiu o governo, em 2019, Wilson Lima encontrou o orçamento do Estado, aprovado na gestão anterior, sem previsão para o pagamento do auxílio, mas prometeu resolver a questão. Com a medida anunciada nesta sexta-feira, o auxílio passa a ser permanente para os próximos anos.

Apreensão de armas – O projeto para pagamento de benefício por apreensão de armas para policiais está nos ajustes finais com a Procuradoria Geral do Estado e Secretaria de Estado da Fazenda, conforme anúncio do governador. A cada arma apreendida, o policial receberá uma bonificação que varia entre R$ 300 e R$ 1 mil, de acordo com o calibre do armamento. A previsão é que o pagamento seja feito a partir de fevereiro.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here