Vereador quer alimentos orgânicos na merenda escolar

alimento-organico-escolas

O vice-presidente da Comissão de Educação na Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Professor Samuel (PPS), protocolou um projeto de lei que obriga a inclusão de alimentos orgânicos na alimentação escolar das escolas vinculadas à Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Na proposta são definidos como “alimentos orgânicos” aqueles produzidos nos termos da Lei Federal nº 10.831, de 23 de dezembro de 2003.  O projeto prevê ainda  que a certificação desses alimentos deverá ser atestada por certificadora devidamente credenciada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) ou por Sistema Participativo de Garantia, nos termos da legislação federal vigente.

“A proposta visa incentivar a boa prática de produção ecologicamente sustentável, além de garantir um alimento mais saudável e livre de hormônios para nossas crianças e adolescentes. Pesquisamos sobre o tema e percebemos que em outras cidades esse tipo de alimentação já está sendo adotada nas instituições de ensino”, declarou Samuel.

Ele disse ainda que se a lei for aprovada, contribuirá para o fomento da produção de alimentos orgânicos reduzindo assim o atual preço de mercado. “Atualmente, esses alimentos se encontram em um nicho restrito de consumidores conscientes ainda pouco representativos no universo de consumidores de Manaus. Nossa meta é também ampliar o consumo de alimentos orgânicos na cidade”, afirmou o vereador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here