Política

Vereador cobra explicações sobre paralisação da empresa de ônibus Açaí

Vereador Rodrigo Guedes (PSC)

Após a paralisação das atividades da empresa de transporte coletivo Açaí, nesta quinta-feira (8), em Manaus, o vereador Rodrigo Guedes (PSC) cobrou que os órgãos responsáveis pela gestão do transporte coletivo na capital amazonense deem explicações sobre o ocorrido. Os trabalhadores da empresa se depararam com os portões fechados e nenhuma justificativa foi dada. Milhares de usuários do transporte público foram afetados pela paralisação inexplicada.

“Nós amanhecemos com essa notícia, sem maiores explicações à sociedade. Simplesmente os portões da empresa estavam fechados aos trabalhadores. Nós estamos cobrando explicações do órgão gestor de transporte e trânsito da cidade de Manaus, o IMMU, e irei pedir reforço do pedido também para a Comissão de Transporte da Câmara no sentido de entender detalhadamente o que aconteceu e se irá acarretar em mais prejuizos aos usuários e trabalhadores do sistema, garantindo seus direitos. Essa atitude da empresa é absolutamente inaceitável pois pegou a todos de surpresa”, afirmou o vereador.

Segundo o vereador, é necessário que haja uma retratação e explicação por parte da empresa considerando os prejuízos causados aos usuários do transporte coletivo e aos próprios funcionários. Ainda nesta tarde, a Comissão de Transporte, Mobilidade Urbana e Acessibilidade (COMTMUA) da CMM, convocou os sócio-proprietários para uma reunião na Casa Legislativa.

“Nós não vamos aceitar esse tipo de ação. Vamos cobrar também do Sinetram, informações se houve alguma espécie de venda da empresa ou paralisação da concessão dessa empresa, porque nós não podemos ficar a mercê de uma paralisação sem justificativa, uma decisão unilateral, prejudicando milhares de usuários do transporte coletivo em Manaus”, ressaltou.

Deixe um comentário