Vereador André Luiz intemedeia AMA na conquista de terreno para construir sede própria

(Foto: Divulgação)

Marcado por muita emoção, o dia 02 de abril de 2019 entrará para a história da Associação de Amigos do Autismo no Amazonas (AMA). Após a homenagem na Câmara Municipal de Manaus, o vice-presidente da associação Raimundo Carlos Silva seguiu para a prefeitura de Manaus, para junto com o prefeito Artur Neto, a primeira-dama Elizabeth Valeiko do Carmo Ribeiro e demais secretários, assinar o Termo de Concessão de Direito Real de Uso do terreno onde será construída a nova sede da associação. Além da AMA, a Federação das Associações de Apaes do Estado do Amazonas (Fenapaes) também foi favorecida.

Durante pronunciamento, Raimundo Carlos Silva disse que a concessão representa uma vitória para todos os 33 alunos, com idade de 8 a 42 anos, atendidos pela instituição. “É a realização de um sonho. Toda a família sonha com a casa própria e a AMA, sendo uma família, precisava de um espaço próprio. Agora que temos isso em mão seguimos firmes na luta pela construção da nossa casa nova. Estamos muito felizes pelo o envolvimento da Prefeitura de Manaus e pelo apoio do vereador André Luiz, que abraçou a causa, intercedeu junto ao prefeito, à primeira-dama, e nos surpreendeu. Hoje o que era apenas um sonho, se torna realidade.”, disse.

Sensibilidade 

Emocionada, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro afirmou que após avaliar a proposta de cessões dos terrenos, solicitou que Implurb e PGM dessem os encaminhamentos legais, inclusive com as alterações necessárias na Lei Orgânica do Município (Loman), para que se concretizasse a concessão. “Isso representa a grandeza e a sensibilidade do prefeito Arthur em entender a importância da concessão desses terrenos. Fico emocionada e grata pela oportunidade de poder ajudar, pois estamos aqui para servir essas pessoas. Sei que esses espaços representam muito, não só para a Apae e a AMA, mas para todos os familiares de quem é atendido nesses espaços. Isso só nos motiva a fazer muito mais pela cidade e pelas pessoas que mais precisam”, declarou.  

Para o vereador André Luiz, responsável por intermediar o pedido dos representantes da AMA junto à prefeitura, o dia é de muita alegria. “Há um ano eu não tinha conhecimento mais aprofundado desse transtorno, e em um evento da Prefeitura em 2018 pude conhecer pessoas que lutam para dar uma vida digna a quem tem autismo. Por isso convido a todos que procurem conhecer um pouco sobre a vida desses anjos de luz”, afirmou. 

Casa nova

O terreno cedido à AMA possui 11.232 metros quadrados e fica localizado no Loteamento Cachoeira Grande, bairro Novo Aleixo, na Rua Cataratas de Iguaçu, s/n. A instituição funcionava há 21 anos em uma área no Ramal Bela Vista no Puraquequara, que está sendo agora pedida de volta pelos proprietários.

Pelo Termo de Concessão de Direito Real de Uso as instituições poderão utilizar o espaço por 20 anos, prorrogáveis pelo mesmo período. As áreas só poderão ser utilizadas para as atividades assistenciais e sociais das instituições.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here