Vencendo o preconceito e o perigo em busca da dignidade

“É preciso correr atrás dos sonhos, todas somos capazes”, frisa Kelly Lima

Quem tiver o privilégio de utilizar o ônibus da linha 010, percurso norte-sul, Via Verde, no horário da tarde, vai se deparar com Kelly Lima pilotando o veículo. Manauara, casada, mãe de 01 filho e com dois anos na função, ela começou como cobradora e usou da persistência feminina para alçar à função que está agora.

Em uma cidade marcada por episódios constantes de violência, sobretudo no transporte coletivo, a dama do volante declara nunca ter sido assaltada nesse período em que trabalha como motorista. Entretanto, segundo ela o maior problema que enfrenta diariamente é o “preconceito dos homens”. Porém, em meio a uma metrópole de adversidades Kelly Lima se mostra otimista e feliz naquilo que faz, entre uma parada e outra ela aconselha às mulheres: “é preciso correr atrás dos sonhos, todas somos capazes”.

Ah, o cobrador era um homem!

Por CONVERSANDO COM THOMAZ

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here