Usuários reclamam que bilhetagem eletrônica dos coletivos está debitando além do devido

Os usuários dos coletivos devem ficar atentos aos valores debitados em seus cartões de passagem
Os usuários dos coletivos devem ficar atentos aos valores debitados em seus cartões de passagem

Da Redação – Usuários do sistema de transporte que utilizam as linhas 208 e 214 que atendem o conjunto Hiléia, bairro Redenção, zona centro-oeste de Manaus, informam ao Blog da Floresta que o sistema Passa Fácil está cobrando passagens além do devido.

A usuária Ana Albuquerque alega que nesta segunda-feira (7) precisou ir ao TRE-AM, no Aleixo, utilizando o Cartão Cidadão. “Tenho hábito de olhar sempre meus créditos. Existiam um total de 129 unidades e quando passei caiu para 125. Reclamei à cobradora. Ela disse que fosse ao Sinetram, pois o problema é recorrente. Estou indignada, pois fazem propaganda pedindo para usar cartão para evitar assaltos nos coletivos, mas somos roubados pelo próprio Sinetram. Absurdo.”, reclama.

Quem também não está nada satisfeito é o auxiliar de cozinha Edson Chaves. Segundo ele, o débito feito nos cartões de transporte estão trazendo muitos constrangimentos. “Eu preciso trabalhar e conto com a passagem para isso. Fui alertado sobre o problema e constatei ser verdade. Ir e vir é uma garantia de todo cidadão. Sem falar que um percentual é descontado em meu salário. Agora, quem vai me ressarcir pelo prejuízo? Não tem ninguém pra fiscalizar essas irregularidades ao menos que seja acionado”, questiona.

Diante desse fato, ficamos aguardando uma solução ou mesmo explicações para um assunto tão grave e que mexe diretamente no bolso do contribuinte e usuário do transporte público da capital amazonense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here