Tubarão branco mata surfista de 60 anos na Austrália

Imagens aéreas captaram o tubarão branco que atacou mortalmente Rob Pedretti. ─ Imagem: Reprodução

Uma comunidade australiana está se recuperando depois que um grande tubarão branco de três metros matou um homem em Kingscliff, no norte do Estado de Nova Gales do Sul, (NSW) na manhã deste domingo (07/06), o primeiro ataque fatal no estado em cinco anos.

Rob Pedretti, 60 anos, de Queensland, estava surfando em South Kingscliff Beach, ao norte do Salt Surf Life Saving Club, quando o incidente ocorreu.

Segundo testemunhas, o tubarão atacou o homem abocanhando a parte de trás da coxa dele. Ourtos surfistas que estavam na água relataram que o animal foi persistente e que “tiveram que se defender” ao tentar ajudar a vítima. Pedretti morreu quarenta minutos após ter sofrido o ataque e recebido os primeiros-socorros.

Seus amigos disseram que não podiam acreditar na perda. “Pensar que ele foi levado por um tubarão é algo que não consigo nem imaginar no momento”, disse o amigo Brian Currie.

Tim Buckley acrescentou: “Geralmente é alguém que você não conhece; quando chega tão perto de casa, realmente afeta você e as pessoas que o amavam e passeavam com ele e sua família”.

Em comunicado, biólogos australianos que estudam a vida marinha concluíram que o responsável pelo ataque seria um tubarão branco de aproximadamente três metros após avaliarem imagens aéreas do animal e da mordida provocada na vítima.

Grandes tubarões brancos estão ativos na parte da costa próxima à fronteira entre NSW e Queensland nessa época do ano, disse uma fonte ao Herald .

As praias de Kingscliff até Cabarita, na costa norte do estado, foram fechadas por 24 horas.

*Com informações do The Sydney Morning Herald

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here