Tribunais de Justiça do RJ e de SP são os piores em desempenho no Brasil

Dados do relatório “Justiça em Números 2020”, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), apontam que os tribunais de Justiça de São Paulo e Rio de Janeiro estão entre os de pior desempenho em soluções pacíficas de conflitos. Nos percentuais de conciliação, com 4,8%, o TJRJ só perde para o lanterna Goiás, com 2,8%. O TJSP está entre os últimos, com 7,6%, enquanto o de Sergipe é o de melhor desempenho, com 23%. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Com 360 desembargadores, entre os quais Eduardo Siqueira, aquele que humilhou um guarda em Santos, é um dos campões em litigiosidade.

Estão em boa posição no ranking de conciliação, além do TJ de Sergipe, Amapá (22,6%), Mato Grosso (19%), Roraima (16,7%) e Acre (16,6%).

O ranking do CNJ leva em conta a força de trabalho, as despesas e a movimentação processual nos órgãos de Justiça, entre outros dados.

Fonte: Coluna Cláudio Humberto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here