Tíquete-alimentação será pago ao servidores da Susam

Foto: Lia Milenne
Foto: Lia Milenne

O Movimento dos Trabalhadores da Saúde do Amazonas (MOTS-AM), o deputado estadual Luiz Castro (Rede) e o secretário de Estado da Saúde (Susam), Francisco Deodato, reuniram-se na noite desta quinta-feira (22). A agenda resultou na confirmação do pagamento do tíquete-alimentação de todos os servidores estaduais da Saúde, a partir do contracheque de fevereiro.

A garantia do pagamento do auxílio foi considerada uma vitória para Luiz Castro, deputado que realizou, em conjunto com a Defensoria Pública do Amazonas (DPE-AM), uma audiência pública para debater as reivindicações da categoria: correção da data-base e do ticket-alimentação, a volta do vale-transporte e o reajuste salarial.

“Mesmo com essa conquista, vamos continuar defendendo a saúde pública, priorizando a valorização dos servidores públicos do Estado porque sem o reconhecimento de seus direitos, contemplados naquilo que a Lei prevê (ainda faltam pagamento da progressão e da data-base), não teremos uma saúde de qualidade. E a saúde de qualidade é imprescindível ao trabalho dos servidores públicos da saúde do Amazonas”, ressaltou o parlamentar.

Terceirização

Luiz Castro disse ainda que haverá outra reunião com o secretário e, dessa vez, a pauta será a terceirização no setor: há um consenso que foi um exagero, no meu entendimento criminoso, e por isso estamos propondo a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI)”, informou. “Ouvimos relatos dramáticos de pessoas que estão há cinco meses sem receber salário”, completou.

Na reunião, também estiveram presentes os deputados Dermilson Chagas, José Ricardo e Alessandra Campelo, além do representante do MOTS-AM, Ronaldo Amazonas.

“De um lado, temos servidores estatutários, com salários defasados, e de outro temos os terceirizados às vezes até sem nenhum salário. Essa é uma situação que tem de ser resolvida e o diálogo com o secretário foi muito positivo”, finalizou Luiz Castro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here