Tenda do Peixe da Sepror atrai grande número de consumidores

“Nas nossas tendas o consumidor pode comprar tambaqui, matrinxã, pirarucu fresco, o Bacalhau da Amazônia e quelônios, autorizados pelo Ibama, durante o dia todo e até à noite”, destaca Sônia Alfaia
 “Nas nossas tendas o consumidor pode comprar tambaqui, matrinxã, pirarucu fresco, o Bacalhau da Amazônia e quelônios, autorizados pelo Ibama, durante o dia todo e até à noite”, destaca Sônia Alfaia
“Nas nossas tendas o consumidor pode comprar tambaqui, matrinxã, pirarucu fresco, o Bacalhau da Amazônia e quelônios, autorizados pelo Ibama, durante o dia todo e até à noite”, destaca Sônia Alfaia

A oferta de 215 toneladas de pescado da piscicultura, disponibilizadas pela Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror) para combater a especulação de preços e oferecer produto mais barato ao consumidor, tem atraído grande volume de consumidores às Tendas do Peixe, montadas na Feira do Coroado e no CSU do Parque Dez.

Em apenas três dias de ação (de sábado à segunda) já foram comercializadas 30 toneladas de peixe, restando ainda 185 para serem vendidas a preço mais acessível até o dia 19. Para a secretária executiva da Sepror, Sônia Alfaia, além da qualidade do produto e do preço mais baixo o horário de funcionamento das tendas também é um grande atrativo. “Nas nossas tendas o consumidor pode comprar tambaqui, matrinxã, pirarucu fresco, o Bacalhau da Amazônia e quelônios, autorizados pelo Ibama, durante o dia todo e até à noite”. A Tenda do Peixe da Feira do Coroado está funcionando das 07h às 18h, todos os dias. Já a Tenda do CSU do Parque Dez atende ao consumidor das 07h às 22h, também todos os dias.

O Bacalhau da Amazônia é feito do pirarucu processado na Indústria de Salga de Maraã
O Bacalhau da Amazônia é feito do pirarucu processado na Indústria de Salga de Maraã

De acordo com Sônia Alfaia a estimativa de economia para o consumidor nas Tendas do Peixe e nos outros locais de venda da Sepror, é de aproximadamente 20% em relação aos preços praticados nas demais feiras e mercados de Manaus. “O consumidor deve ficar atento porque em alguns locais o peixe pode parecer mais barato, porém, é menor que as unidades vendidas nas nossas tendas”, alertou Sônia.

Preços – Na Tenda do Peixe o tambaqui será comercializado a preços variados. O tambaqui de até 2 kg custará R$6,50, o quilo. Acima de 5 kg o preço do quilo sai a R$9,50. A matrinxã de até 2 kg será comercializada a R$9 o quilo. Os quelônios saem a R$22 o quilo, para aqueles que pesarem acima de 1,5 kg. O pirarucu fresco será comercializado a preços que variam de R$ 6 a R$20 o quilo, carcaça e lombo, respectivamente. A ventrecha será vendida a R$ 15, o quilo.

Bacalhau da Amazônia – Além das Tendas, o Bacalhau da Amazônia – feito do pirarucu processado na Indústria de Salga de Maraã – com técnicas semelhantes a salga do bacalhau europeu – está sendo levado também às secretarias, entidades e órgãos públicos e privados, facilitando a compra do produto. Todas as terças-feiras de abril (15,22 e 29) o carro estará na Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SDS); as quartas-feiras (16,23 e 30) na sede da Secretaria de Estado da Educação (Seduc); e as quintas e sextas-feiras (10 e 11, 17 e 18, 24 e 25) no Instituto de Pesquisa da Amazônia (Inpa).

O Bacalhau da Amazônia está sendo vendido aos preços de R$ o quilo da ventrecha, R$ 22 o quilo da lasca do lombo e R$ 25 o quilo do lombo.

Feirão da Sepror – As três unidades do Feirão da Sepror, localizadas nas Zonas Norte, Oeste e Leste reforçam a oferta de peixe a preço mais acessível ao consumidor por ser vendido diretamente por quem produziu, sem passar pelas mãos de atravessadores. Nas feiras é possível encontrar várias espécies da piscicultura. Os Feirões da Sepror, em Manaus, funcionam de quinta a sábado, das 07h às 22h, no Parque Eurípedes Ferreira Lins (antiga Expoagro – Torquato Tapajós), e aos domingos até às 12h; todas as sextas-feiras e sábados, no Porto de São Raimundo, das 08h às 17h; e todos os sábados, das 07h às 17h, no Campus do Ifam (antiga Escola Agrotécnica).

Serviço – Cronograma e Preços
· Tenda do Peixe na Feira do Coroado, Alemeda Cosme Ferreira (12 a 19 de abril, das 7h às18h);
· Tenda do Peixe no CSU, bairro Parque Dez (12 a 19 de abril, das 7h às22h);

Espécies e Valores:

Tambaqui
* até 2 kg – R$6,50 (o quilo)
* acima de 5 kg – R$9,50 (o quilo)

Matrinxã
* até 1 kg – R$8 (o quilo)
* de 1,1 kg até 2 kg – R$9 (o quilo)

Quelônio
* acima de 1,5 kg – R$22 (o quilo)

Bacalhau da Amazônia
Ventrecha – R$20 (o quilo)
Lasca do lombo – R$22 (o quilo)
Lombo – R$25 (o quilo)

Pirarucu fresco
Carcaça – R$6 (o quilo)
Ventrecha – R$ 15 (o quilo)
Lombo – R$ 20 (o quilo)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here