Susam anuncia retorno dos transplantes de rim e de fígado

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) anunciou que, dentro de no máximo três meses, volta a realizar transplante de rim e de fígado em Manaus. Os transplantes representam 60% dos atendimentos do Programa Tratamento Fora de Domicílio (TFD). 

A atual gestão da Susam, no cargo há pouco mais de dois meses, afirma que vem trabalhando para reorganizar o TFD, que é fundamental para quem precisa de serviços de saúde ainda não disponibilizados pela rede pública no Estado.

Em 2017, foram atendidos 2.093 pacientes pelo TFD, que consumiu aproximadamente R$ 18,5 milhões. Somente com passagens aéreas foram R$ 10,5 milhões, R$ 1,1 milhão a mais que no ano anterior. A pressão sobre o TFD, segundo a Susam, também deverá se reduzir com as melhorias que estão sendo realizadas em unidades de referência, como o Hospital Universitário Francisca Mendes, especializado em doenças cardíacas, e a Fundação Cecon (FCecon), que trata de câncer, onde os serviços estão sendo reestruturados.

Reformulação – O TFD, segundo a Susam, também está sendo reformulado, inclusive com a formatação de um novo Manual para se adequar melhor às necessidades atuais. “Vamos reformular o Manuel e, no máximo, até março, voltamos a realizar transplante na Fundação Hospital Adriano Jorge. Hoje, eles representam 60% do TFD”, disse a secretária Executiva de Saúde da Capital, Denise Machado”.

Quando a atual gestão da Susam assumiu a pasta, em outubro deste ano, as cirurgias de transplante de rim, que eram realizadas por clínica conveniada, estavam suspensas. O contrato havia encerrado na administração passada e não foi renovado. No momento está em fase de conclusão um processo de licitação para que sejam realizados no Amazonas transplantes de rins e de fígado pela equipe da Hepato-SP/Transplantes Sem Fronteiras. O procedimento cirúrgico será realizado na Fundação Hospital Adriano Jorge, que já está readequando sua estrutura para realizar os procedimentos.

Na primeira semana de janeiro, a Susam prevê a abertura dos ambulatórios de pré-transplante na Fundação Hospital Adriano Jorge. A unidade está fazendo a reavaliação dos pacientes inscritos, reformulando o ambulatório de transplante e as enfermarias de pré e pós transplante.

Pagamentos pendentes – A Susam informa que também precisou realizar pagamentos pendentes de ajuda de custo do TFD, acumulados das gestões anteriores. Atualmente, os pagamento estão sendo realizados de forma regular. Todos os esforços, segundo a gestão do TFD, estão sendo feitos para que o pagamento seja feito de forma que o paciente receba o recurso no tempo hábil. O órgão inclusive passou a dar opção ao paciente de escolher a agência bancária na qual prefere receber o valor referente à ajuda de custo. Antes, só podia receber pelo Banco do Brasil.

O TFD garante uma ajuda de custo aos pacientes e acompanhantes que estão sendo beneficiados com o programa, no valor fixo de R$ 1.100,00 para quem for permanecer até 15 dias no local do tratamento. O valor pode chegar a 2.200,00 se a permanência for para 30 dias.  O programa também oferece passagem aérea para quem precisa sair do Estado.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here