Susam anuncia a realização de novos transplantes renais

transplanteA Secretaria Estadual de Saúde (Susam) anunciou que mais três pacientes renais crônicos que aguardavam por um transplante de rim puderam passar pelo procedimento após a doação de órgãos autorizada por duas famílias de pacientes que foram a óbito em hospitais locais. As cirurgias ocorreram entre a tarde e a noite da última quarta-feira (17) e os pacientes transplantados se recuperam bem.

Segundo a Central de Transplantes da Susam, o gesto de solidariedade das duas famílias beneficiou, de imediato, três pacientes  – todos do sexo masculino, com idades de 40, 45 e 63 anos –, que dependiam de hemodiálise para sobreviver. “Além disso, as córneas dos doadores foram encaminhadas para o Banco de Olhos do Amazonas, para processamento e futuros transplantes, podendo ajudar até mais quatro pessoas a recuperar a visão”, destacou o secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim.

Uma das doações foi captada no Hospital e Pronto-Socorro Dr. João Lúcio, da rede estadual de Saúde. A outra, no Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUVG), da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Foi a primeira captação ocorrida no HUGV, instituição contratualizado ao Sistema Único de Saúde (SUS), com 100% dos seus leitos destinados ao atendimento de pacientes do sistema.

“A atuação na captação de órgãos faz parte da contratualização do HUGV com a Susam e estamos cumprindo nosso papel junto ao SUS e à sociedade. Agradecemos a toda a equipe que atuou no processo e, principalmente, à família que autorizou a doação, pelo seu gesto de desprendimento e solidariedade, que possibilitou que vidas fossem salvas”, disse o superintendente do HUGV, Rubem Alves da Silva Jr.

No Amazonas, o Programa de Transplantes já inclui cirurgias transplantadoras de córnea, rim e fígado. O Estado também se prepara para iniciar os transplantes cardíacos.

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. TRANSPLANTES
    Transplante é o ato de transferir células, tecidos e orgãos vivos com o objetivo de se re-estabelecer uma função perdida pelo indivíduo. Existen dois tipos de transplantes, o autólogo, cujas células, tecidos ou órgãos são retirados da própria pessoa e implantados em um local diferente do corpo; e o alogênico, que compreende a retirada de material de outra pessoa (doador) para ser implantada no paciente (receptor), porém ainda existe o risco da rejeição. Isso ocorre quando o sistema imunológico do receptor não reconhece o novo tecido. Para evitar a rejeição, o transplante é feito após verificar a compatibilidade sanguínea dos indivíduos. Os tipos de transplantes mais realizados no mundo são corão, pulão, rim, figado, pâncreas e medula óssea.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here