STF decide por unanimidade transformar Cunha em réu na Lava Jato

Dep. Eduardo Cunha
Dep. Eduardo Cunha
Dep. Eduardo Cunha

Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal decidiu nesta quinta-feira, 3, tornar réu o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Ele será o primeiro político a responder por uma ação penal no Tribunal por conta das investigações da Operação Lava Jato. 

Todos os dez ministros que participaram do julgamento decidiram acolher a acusação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de que o parlamentar usou o cargo para pressionar pelo recebimento de US$ 5 milhões em propina. Cunha responderá pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Relator da Lava Jato, o ministro Teori Zavascki apontou em seu voto, proferido na quarta-feira, a existência de “indícios robustos” para o recebimento parcial da denúncia tanto contra Cunha e também contra a ex-deputada federal Solange Almeida (PMDB-RJ), atual prefeita de Rio Bonito.

*Estadão Conteúdo

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Nosso País dá sinais claros de que não é mais possivel conviver com tanto corrupção e desmandos. Passou da hora de se promover essa limpeza ética tirando da vida pública aqueles de se comportam como verdadeiros bandidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here