Sinetram anuncia mudança no sistema de bilhetagem

Na manhã desta segunda-feira (16), muitos usuários do transporte público notaram algo diferente ao passarem na catraca dos ônibus: os cartões de passe tinham um valor bem acima do normal. A mudança no valor, porém, não se trata de erro no sistema ou nos coletivos. Os usuários do cartão cidadão e PassaFácil passarão a recarregar o cartão com qualquer valor. Isso significa que, no lugar do número de passes, agora as catracas exibem o valor em dinheiro.

A novidade foi anunciada pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram). De acordo com o presidente do órgão Carmine Furletti Junior, a nova forma de recarga vai trazer mais praticidade ao usuário, pois ele terá a liberdade de colocar o valor que desejar no cartão.

“Muitas vezes o usuário não tem como comprar, por exemplo, 10 passagens, que dá R$ 38. Com esse novo modelo de compra, o usuário terá a opção de colocar o valor em reais que ele tiver disponível no momento, pode ser, por exemplo, 5, 10 ou 20 reais. Quando ele for passar na catraca, será descontado os R$ 3,80 (valor da passagem) e ele vai vendo o saldo no validador da catraca. Isso vai melhorar muito para o usuário”, destaca Furletti.

No entanto, nem todos os usuários aprovaram a mudança. O vendedor Carlos Gomes diz que a novidade pode causar confusão aos usuários, acostumados ao sistema antigo. “Agora que o valor é em dinheiro, meu cartão agora mostra R$ 190 e tenho que calcular bem quantas passagens isso dá. Além disso, sempre vai ficar um troco que nunca vai ser utilizado pelos usuários, então fica pras empresas de ônibus”, afirma ele. / Por Em Tempo

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here