Sindicato dos Jornalistas do AM propõe selo de credibilidade entre critérios para aplicação de verba publicitária

(Foto: Divulgação)
Com o objetivo de orientar e tratar sobre a importância do exercício profissional do Jornalismo na esfera pública, a presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas (SJP/AM), Auxiliadora Tupinambá, reuniu-se na segunda-feira (14/01), com a secretária de Estado da Comunicação do Amazonas, Daniela Assayag, para apresentar a proposta da criação do Selo de Credibilidade do SJP/AM, ferramenta que será implantada pela entidade de classe com o objetivo de auferir a produção de conteúdo jornalístico profissional e responsável feita pelos veículos de comunicação do Estado.
A proposta de adesão do Governo do Estado ao projeto é para que o Selo seja adotado como um dos critérios para a aplicação de verbas publicitárias, durante o mandato do governador Wilson Lima (PSC), jornalista profissional. O objetivo é valorizar os veículos que produzem conteúdo assinado por jornalista responsável e com a aplicação de rigores técnicos, combatendo, assim, a propagação de fakenews.
A secretária Daniela Assayag mostrou-se favorável à proposta e se comprometeu a discutir a proposta com a Procuradoria do Estado para definir os mecanismos legais necessários para que a medida seja adotada pelo governo estadual.
Durante o encontro, a presidente da entidade sindical parabenizou a iniciativa do novo governo em nomear apenas jornalistas com diploma para exercer o cargo de Assessor de Imprensa e ainda a decisão de enquadrar a função na mesma faixa salarial em que estão os demais assessores técnicos de nível superior. “O governo do Amazonas demonstrou respeito pela nossa categoria e, principalmente, contribuiu com seu gesto para valorização do profissional jornalista que comanda as assessorias de comunicação nos diversas esferas governamental”, afirma a presidente Auxiliadora Tupinambá.
A presidente do SJP/AM também se colocou à disposição da titular da Secom para colaborar na oferta de cursos de qualificação e atualização para os profissionais de imprensa que atuam na secretaria e nos demais órgãos do governo do estado, na capital e no interior. “Propusemos a oferta de cursos pelo sindicato, de acordo com as necessidades identificadas pela Secom”, disse Auxiliadora Tupinambá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here