Simpósio reúne gigantes do setor energético para debater o tema em Manaus

greenergy

Nos próximos dias 27 e 28 de novembro, o auditório da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), na Avenida Joaquim Nabuco, centro de Manaus, vai ser palco do “Amazonas Greenergy – Simpósio Internacional de Energia Sustentável”, promovido pelo Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SDS). O evento irá discutir uma proposta de Plano de Atração de Empresas do Setor de Energias Renováveis para o Estado, reunindo as seis maiores empresas do mundo que atuam no segmento de energia solar.

A ideia é definir regras, incentivos fiscais e investimentos a partir de uma política industrial de fomento à cadeia produtiva de energias renováveis no Brasil, desenvolvendo o mercado de equipamentos e serviços, incluindo a atração de investidores internacionais e favorecimento da transferência de tecnologia. As discussões vão girar em torno também do incentivo a inserção gradual de tecnologias na matriz elétrica local a partir dos leilões conduzidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), além de promover a articulação institucional junto a Eletrobrás, Ministério das Minas e Energia (MME) e Governo do Amazonas, para a criação de uma estratégia de incentivos apropriados à geração de energias renováveis no ambiente do setor.

Dentre os convidados confirmados estão: Antônio Merino – Presidente da Abengoa (Espanha); João Carro Aderaldo – Vice-Presidente da Schneider Eletric (França); Cláudio Loureiro – Diretor da Canadian Solar (Canadá); Sergio Beninca – Presidente da Kyocera Brasil (Japão); Marcelo Pinho – Gerente de Negócios da Dresser-Rand Guascor (EUA); Carlos Delpupo – Gerente de Negócio da Helios Strategia (Israel); além de Mauro Passos – Diretor do Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina (Instituto IDEAL).

O Simpósio é fruto de parceria com a Eletrobras Amazonas Energia e conta com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) e Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico do Amazonas (Seplan).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here