Senado limita fundo eleitoral a R$ 1,7 bilhão e rejeita mudanças nas regras de uso

Acordo de líderes rejeitou mudanças como uso do dinheiro do fundo para pagar por advogados e comprar bens

Após acordo de líderes, o Senado rejeitou quase a totalidade do projeto 5.029, que previa novas regras de uso dos recursos dos fundos partidário e eleitoral, bem como para a prestação de contas pelos partidos.

Um texto substitutivo limitou o valor do fundo eleitoral para 2020 a R$ 1,7 bilhão, total disponibilizado nas eleições de 2018.

Segundo o relator, senador Weverton Rocha (PDT-MA), o acordo possibilitou a realização de uma sessão extraordinária da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), onde foi aprovado.

Os senadores agora estão reunidos em plenário para analisar o projeto.

fonte: diário do poder

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here