Brasil

Seis pessoas são presas em Goiás suspeitas de ajudar Lázaro Barbosa

Lázaro pode estar ligado a mais de 30 crimes, com suspeita de receber ajuda das seis pessoas presas na sexta (23).

Uma ação conjunta das polícias Federal, Civil, Militar e Rodoviária Federal prendeu, na sexta-feira (23), seis pessoas suspeitas pelo envolvimento de crimes ligados a Lázaro Barbosa. A operação foi deflagrada nos municípios de Cocalzinho, Águas Lindas, em Goiás.

De acordo com o secretário de Segurança Pública do estado, Rodney Miranda, três prisões foram por homicídio e as outras três, por tráfico de drogas. Além das prisões, policiais também cumpriram 37 mandados de busca e apreensão.

Lázaro Barbosa foi morto no dia 28 de junho, após 19 dias de buscas na região do entorno do Distrito Federal. Ele foi o responsável pela morte de uma família na capital federal e é investigado por mais de 30 crimes.

Deixe um comentário