Segovia é demitido do comando da PF após menos de 4 meses no cargo

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, decidiu nesta terça-feira (27) trocar o comando da Polícia Federal e demitir o atual diretor-geral da corporação, Fernando Segovia.

Para o lugar de Segovia, que permaneceu por pouco mais de 3 meses no cargo, Jungmann indicou o atual secretário nacional de Segurança Pública, Rogério Galloro, conforme informou o G1.

Fernando Segovia sai e Rogério Galloro entra (Foto: Marcos Correa e Valter Campanatto / Agência Brasil)

A demissão foi sacramentada durante reunião no Ministério da Justiça na tarde desta terça, poucas horas após a posse de Jungmann, a quem a PF passou a ficar subordinada.

Estavam presentes ao encontro, além de Jungmann, o ministro da Justiça, Torquato Jardim e Fernando Segovia.

Após demitir Segovia, o ministo da Segurança Pública convidou Galloro para o cargo, que aceitou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here