Secretário da Sema recebe visita de executivos do banco alemão KfW

(Foto: Ricardo Oliveira)

O secretário de Estado do Meio Ambiente (Sema) e presidente do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Marcelo Dutra, recebeu nesta segunda-feira (13/08), a visita do diretor do KfW Banco de Desenvolvimento no Brasil, Martin Schröder e da diretora da Gopa (Cooperação Técnica Internacional), Barbara Dreis-Lampen.

Os dois executivos estão no Amazonas visitando obras da parceria do Governo do Estado com a Cooperação Financeira Brasil/Alemanha e, nesta segunda-feira, participaram da inauguração do Centro Multifuncional “Casa do Produtor” no município de Humaitá (distante 590 quilômetros de Manaus).

Martin Schröde e Barbara Dreis-Lampen estão acompanhados dos peritos internacionais da Gopa, Karl Bernard Mitlewiski e Victor Paulo de Oliveira, que também participaram da inauguração da unidade em Humaitá.

Em Manaus, o secretário da Sema e presidente do Ipaam e os executivos visitaram as obras de construção da sede da Sema, localizada na avenida Mario Ypiranga Monteiro, no bairro Parque Dez, zona Centro-Sul de Manaus. No local, eles conheceram o canteiro de obras, que está na fase de fundação dos pilares. O prédio deve ser entregue em 2019.

Em reunião no gabinete da Sema, Marcelo Dutra e o secretário executivo do órgão, Adilson Cordeiro, explicaram aos executivos as principais funcionalidades dos Centros Multifuncionais de Humaitá e Parintins (município distante 369 quilômetros da capital), entregue em junho deste ano, além de Apuí e Boca do Acre, que estão sendo construídos.

As unidades fazem parte do Projeto Prevenção e Combate ao Desmatamento e Conservação da Floresta Tropical no Estado do Amazonas (Profloram) e, cada uma, teve o investimento de R$ 1,077 milhão. Em Humaitá, a “Casa do Produtor” vai funcionar como polo de atendimento para outros municípios daquela região da calha do rio Madeira.

Os Centros Multifuncionais vão centralizar os serviços de regularização de atividades produtivas e fundiárias, assistência técnica e agricultura indígena oferecidos pelos dois órgãos ambientais, Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), Secretaria de Estado de Política Fundiária (SPF) e a Fundação Estadual do Índio (FEI).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here