Secretário da Casa Civil do MS morre baleado na fronteira com Paraguai

Dirceu Lanzarini foi atingido por três disparos, enquanto estava dentro de sua própria fazenda, em Amambaí, ao lado do genro que também foi alvejado. ─ Imagem: Divulgação

O secretário especial da Casa Civil do Mato Grosso do Sul, Dirceu Lanzarini, morreu após ser atingido por três disparos, na segunda-feira (24) em sua fazenda, no município de Amambaí, na fronteira com o Paraguai. O político estava na companhia do genro, que também recebeu dois tiros.

Lanzarini foi levado em estado grave para um hospital de Dourados, na mesma região. O secretário de Justiça e Segurança Pública do Estado, Antonio Carlos Videira, disse que o atentado não tem relação com o crime organizado que atua na região. O atirador fugiu e está sendo procurado.

Lanzarini é ex-prefeito de Amambaí e dono de uma fazenda no município. Conforme Videira, ele vistoriava a propriedade com o genro em uma caminhonete, quando teria discutido com o gerente da fazenda. “O homem trabalha com ele há dez anos, mas, conforme o relato do genro, não gostou de ser cobrado pelo atraso em um plantio e reagiu, sacando o revólver e disparando contra os dois.” Lanzarini foi atingido por dois tiros no braço e um na cabeça — o projétil causou perda encefálica. O genro foi ferido no pescoço e no braço, mas não corre risco de morte.

Conforme o secretário, o atirador, conhecido como Luiz ‘Paraguaio’, fugiu do local em um trator, que foi abandonado à margem do Rio Amambaí. Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) faziam buscas na região e vigiavam os acessos para evitar a fuga do atirador para o Paraguai.

O político foi prefeito de Amambai por três mandatos e assumiu a secretaria do Estado em novembro de 2018, a convite do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

A região da fronteira vive uma onda de crimes em razão da disputa de facções brasileiras pelo controle do tráfico de drogas e armas. No último dia 12, o jornalista brasileiro Leonardo Veras, que denunciava as ações do crime organizado, foi assassinado a tiros em sua casa, em Pedro Juan Caballero, cidade fronteiriça paraguaia.

fonte | ESTADÃO CONTEÚDO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here