Seai e Denarc prendem vigia de barco com oito quilos de entorpecentes

Foto: Divulgação/SSP-AM

Policiais da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai) e do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) da Polícia Civil prenderam na tarde desta terça-feira (06/11) o vigilante de uma embarcação com oito quilos de entorpecentes. Entre cocaína e maconha do tipo skunk, a droga estava escondida no teto da embarcação Sagrado Coração de Jesus, que vinha de Tabatinga, e foi abordada pela fiscalização policial no Rio Solimões, na altura de Iranduba.

As abordagens policiais nos rios seguem investigações desenvolvidas pela Seai e Denarc e são desdobramentos da Operação Banzeiro. Hoje, o patrulhamento começou ainda na manhã. No barco, os policiais prenderam o vigilante Mauro Jonys Silva dos Santos, 21, que deve responder pelo crime de tráfico de drogas. A droga foi encontrada com o auxílio do cão farejador Zeus.

De acordo com o Diretor de Inteligência da Seai, Denis Pinho, o vigilante iria receber cerca de R$ 8 mil para transportar o entorpecente até Manaus. O delegado ressalta ainda que as abordagens nas embarcações são pontuais devido ao trabalho de Inteligência. “As investigações irão continuar. Temos prazo aí de 30 dias para chegarmos aos proprietários ou as pessoas que encaminharam essa droga até Manaus que iria abastecer o consumo doméstico da cidade”, ressaltou.

Apreensões – De janeiro a setembro deste ano, os órgãos do sistema de Segurança Pública do Amazonas apreenderam 7,4 toneladas de entorpecentes em todo o Estado, conforme dados da Seai. A maior parte desse material ingressa no Estado através da fronteira com a Colômbia e o Peru.

Na última quinta-feira (01/11), policiais do Denarc apreenderam em um porto no bairro da Compensa, zona oeste de Manaus, mais de 900 quilos de maconha tipo skunk. Na ocasião, duas pessoas foram flagranteadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here