Ricardo Nicolau propõe acesso público a estoques de remédios da rede pública

O deputado estadual Ricardo Nicolau (PSD) apresentou nesta terça-feira, 5 de março, o Projeto de Lei, que obriga as unidades estaduais de saúde do Amazonas a disponibilizarem ao público informações sobre seus estoques de medicamentos. De acordo com o parlamentar, a proposta poderá ajudar os usuários na busca rápida dos remédios disponíveis nas farmácias da rede pública, sem gerar custos adicionais ao governo.

“Trata-se de uma proposta viável porque o Estado já possui um sistema de estoque, porém sem que as informações estejam disponíveis à população. Estamos sugerindo um ajuste nesse sistema que permita rastrear o local exato do remédio que o cidadão procura”, explica o deputado. “Assim será possível evitar a peregrinação das pessoas pelas unidades da rede na busca por medicação, o que é ainda é muito comum.”

Conforme a redação da matéria, informações como relação de fármacos em estoque, quantidades existentes e informações de outras farmácias da rede deverão ser fornecidos à população pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam). Unidades como as Policlínicas e SPAs (Serviço de Pronto-Atendimento) estão entre as que poderão ser atingidas pela nova regra.

Avanço tecnológico – Para o deputado Ricardo Nicolau, a criação de uma ferramenta digital seria uma medida que facilitaria a consulta dos medicamentos distribuídos pela rede estadual de saúde. O autor do
PL cita como exemplo uma iniciativa da Prefeitura de São Paulo, que criou um aplicativo de celular para esta finalidade.

“Um aplicativo para smartphone ou até mesmo um site seria o ideal para que a população tivesse o devido acesso aos estoques das farmácias públicas. Além da consulta rápida, uma ferramenta como essa poderia dar espaço para que qualquer pessoa fizesse o registro dos remédios em falta, entre outros”, aponta o parlamentar.

Melhorar a gestão de estoque é outro benefício do uso da tecnologia em favor da saúde, destaca Ricardo Nicolau. “Uma ferramenta digital aliada a um sistema completo e integrado entre as farmácias da Susam pode funcionar como um instrumento de apoio aos gestores das unidades de saúde na prestação do serviço à população”, conclui o deputado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here