Reunião de pescadores discute aposentadoria e abandono do Terminal Pesqueiro

Segundo Walzenir Falcão, os pescadores poderão dar entrada no pedido de aposentadoria nas sedes das colônias em breve
Segundo Walzenir Falcão, os pescadores poderão dar entrada no pedido de aposentadoria nas sedes das colônias em breve

Pescadores de Manaus participaram nesta sexta-feira (06) da reunião mensal promovida pela Colônia dos Pescadores de Manaus (Z-12) e pela Federação dos Pescadores do Amazonas (Fepesca-AM).

O encontro aconteceu no Terminal Pesqueiro de Manaus, no bairro de Educandos, onde pescadores receberam informações sobre a Reforma da Previdência que está em tramitação no Congresso Nacional.

O presidente da Fepesca-AM, Walzenir Falcão, que também comanda a Confederação Nacional dos Pescadores (CNPA), disse que está fechando uma parceria com a Previdência Social. O objetivo é diminuir a burocracia que dificulta o acesso dos pescadores à aposentadoria.

“Em breve, os pescadores poderão dar entrada no pedido de aposentadoria nas sedes das colônias. A parceria com a Previdência Social vai beneficiar milhares de trabalhadores da pesca em todo Brasil”, afirmou Walzenir.

O presidente da Colônia de Pescadores de Manaus, Miguel Falcão, disse que estelionatários estão de olho na aposentadoria dos pescadores. “Existem bandidos intermediando o pedido de aposentadoria dos pescadores. Quando o dinheiro sai, estes ladrões ficam com parte da aposentadoria”, denunciou Miguel.

Para dar entrada no pedido de aposentadoria, os pescadores podem procurar a colônia Z-12, que orientará os trabalhadores a obter o benefício. “Estamos preparados para atender todos os pescadores que estão em condições de se aposentar. A consultoria faz parte dos serviços oferecidos pela colônia Z-12”, acrescentou Miguel.

Administração do Terminal Pesqueiro

Outro assunto discutido na reunião foi a má conservação do Terminal Pesqueiro de Manaus. O local, que é administrado pela prefeitura, encontra-se sucateado, com lâmpadas queimadas, grades e pisos enferrujados, telhado com goteiras e sistema elétrico danificado.

“O Terminal Pesqueiro foi construído com dinheiro do povo, o que inclui os pescadores”, ressaltou Walzenir Falcão. “Hoje o Terminal está abandonado! Os pescadores mal conseguem parar os barcos para descarregar o pescado”, denunciou Walzenir.

Para resolver o problema, a Confederação Nacional dos Pescadores e a Fepesca-AM já encaminharam à Prefeitura de Manaus e ao Ministério da Agricultura o pedido para administrar o Terminal Pesqueiro. “Estamos aguardando uma decisão da prefeitura e do ministério. Estou confiante que em breve o Terminal Pescadores será administrado pelos próprios pescadores”, completou Walzenir Falcão.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here