Política

Renan Calheiros diz que leitura do relatório final da CPI da Covid foi adiada

Leitura estava marcada para a próxima terça-feira (19) e, segundo Renan, ainda não tem data definida. IMAGEM: Reprodução / YouTube

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid no Senado Federal, afirmou, neste domingo (17), ao ‘portal G1’ que a leitura do relatório final da comissão foi adiada. Segundo o senador, uma nova data ainda não foi marcada.

“A decisão não foi minha, foi do presidente, senador Omar. E eu concordo. Teremos mais tempo para discutir melhor o parecer e encaminhar melhores soluções. Acho que isso ajudará bastante no debate, dará mais tempo”, afirmou Renan.

A leitura estava marcada para a próxima terça-feira (19). À GloboNews, a assessoria de Aziz também confirmou o adiamento. Renan informou ainda que apresentará a versão do relatório ao chamado G7 da CPI, antes de submeter o documento ao plenário.

De acordo com o site da CPI, na página do Senado, também foi cancelada a reunião marcada para esta segunda-feira (18), que ouviria Nelson Mussolini, do Conselho Nacional de Saúde, e Elton da Silva Chaves, do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde.

Até o momento, o parecer prévio de Renan conta com mais de 1.100 páginas que imputam crimes ao presidente Jair Bolsonaro e a outras autoridades da República, como o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Na última quarta-feira, Renan repassou os principais pontos a serem mantidos ou ajustados no parecer.

Deixe um comentário