Projeto vai distribuir conversores digitais a 240 mil famílias de baixa renda em Manaus

A sede da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), os 20 Centros de Referência de Assistência Social (Cras), PAC’s e algumas unidades de saúde do município receberão, a partir do dia 6 de fevereiro, pontos físicos da Seja Digital, instituição não-governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil.

Segundo o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Manaus terá o sinal analógico desligado no dia 30 de maio. Com isso, as pessoas que possuem TV de tubo ou uma TV de plasma ou LCD muito antiga, deixarão de ter acesso à programação dos canais abertos, por isso a necessidade de instalação de um conversor digital. 

Famílias de baixa renda que estejam inseridas no Cadastro Único (CadÚnico) e que sejam beneficiárias de algum programa social do Governo Federal receberão, gratuitamente, um kit composto por um conversor digital, uma antena, controle remoto, cabos e conectores. Serão distribuídos 240 mil kits na capital. 

Nesta quinta-feira, 1º/2, a Seja Digital iniciou, em Manaus, o atendimento telefônico pelo número 147 (ligação gratuita) e pelo endereço eletrônico http://www.sejadigital.com.br/site/kit. Por meio desses canais, o beneficiário agenda a retirada do equipamento. No ato da inscrição é preciso informar o Número de Identificação Social (NIS). 

“Com este trabalho da Seja Digital, as famílias beneficiárias que possuem um aparelho de TV com sinal analógico, ao instalar esse kit passarão a receber o sinal digital com qualidade de imagem que as emissoras de TV oferecem. Essas pessoas não deixarão de ter acesso à informação da programação exibida nos canais abertos”, destacou o secretário da Semmasdh, Elias Emanuel. 

Entrega dos Kits 

Ao entrar em contato com a instituição, é feito o agendamento da data, horário e local para a pessoa fazer a retirada do kit. A instalação será feita pelo próprio usuário que receberá as orientações da equipe técnica da Seja Digital. 

Sinal 

As residências que utilizam televisão com antenas parabólicas ou TV a cabo não sentirão nenhuma alteração e não será preciso fazer a adaptação com conversor. 

Os aparelhos de TV fabricados a partir de 2010 já têm o conversor digital embutido, o que dispensa a necessidade de aquisição do equipamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here