Projeto ‘Pé-de-Pincha’ solta quelônios na comunidade Santo Antônio na BR-319

Na próxima terça-feira, o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) irá participar da soltura de quelônios, realizada pelo projeto “Pé-de-Pincha”, na comunidade Santo Antônio, localizada do ramal do Mamori, no quilômetro 64 da rodovia BR-319 (Manaus – Porto Velho), que fica dentro do Município do Careiro Castanho, que fica localizado a 102 quilômetros de distância da capital Manaus.

Durante o evento, que ocorrerá de 8h às 17h, o Ipaam irá promover diversas atividades aos participantes, entre elas, a oficina de leitura do Ipaam na Biblioteca Móvel Juscelino Batista. O acervo, que contém cerca de 600 títulos com variados temas sobre o meio ambiente e preservação, estará disponível para leitura.

Os técnicos da Gerência de Educação Ambiental do Ipaam estarão presentes, levando informações à comunidade sobre o risco das queimadas na área rural e sobre a importância da gestão de resíduos sólidos para o meio ambiente.

O Projeto Pé-de-Pincha é um programa de extensão da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) que ajuda as populações tradicionais na conservação de quelônios ameaçados pela caça predatória.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here