Projeto de Lei torna obrigatório assentos especiais para obesos

O objetivo é garantir maior dignidade e conforto aos portadores de obesidade
O objetivo é garantir maior dignidade e conforto aos portadores de obesidade
O objetivo é garantir maior dignidade e conforto aos portadores de obesidade

Foi apresentado à Câmara Municipal de Manaus (CMM), o Projeto de Lei (022/2015) pela vereadora Vilma Queiroz referente à obrigatoriedade da reserva de assentos especiais às pessoas com grau de obesidade avançada e aos mórbidos em cinemas, teatros, restaurantes e estabelecimentos afins na cidade de Manaus.

O Projeto de Lei apresentado visa garantir maior dignidade e conforto aos portadores de obesidade e aos bariátricos em todo e qualquer estabelecimento público e privado, como cinemas, teatros, restaurantes e outros afins. A quantidade de acentos especiais deve corresponder a no mínimo 5% em cada estabelecimento que dispuser espaço com mais de 200 assentos.

Dados do Ministério de Saúde apontam que a cidade de Manaus (com 2.020.301 habitantes) possui 19,6% da população obesa e 52% com excesso de peso. Isto é, a um passo para a obesidade, ocupando esta capital amazonense a sexta posição entre as capitais com população acima do peso. Neste sentido a Associação dos Pacientes Bariátricos do Amazonas (Assoam), em parceria com a vereadora Vilma Queiroz, desenvolvem ações e políticas publicas para prevenir e combater a obesidade na região. Esta necessidade já e reconhecida, pois dados aproximados indicam que no Estado do Amazonas esta população representa em torno de 300 mil. (Mercedes Guzmán)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here