Projeto de Lei para a Semana de Prevenção de Queimaduras em Manaus aguarda sanção do Prefeito

queimaduras1

Da Redação – O Projeto de Lei nº 272/2013 que pretende instituir a Semana Municipal de Prevenção a queimaduras em Manaus foi aprovado nesta segunda-feira (17) na Câmara Municipal de Manaus (CMM) depois de tramitar em todas as comissões correspondentes e agora aguarda a sanção do Prefeito Artur Neto. A iniciativa é da vereadora Vilma Queiroz (PROS).

O projeto prevê a realização da semana todos os anos na primeira semana do mês de junho que foi escolhido para ser a Semana de Prevenção a queimaduras para coincidir com o Dia Nacional do Queimado (6 de junho).

De acordo com a parlamentar com esse trabalho preventivo pode-se evitar graves acidentes, sofridos principalmente pelas crianças e pela população da terceira idade. “É necessário orientar a população manauara para que todos tenham a consciência que tomando algumas medidas, pode–se evitar que danos maiores ocorram e, desta forma, reduzir a quantidade de pessoas que sofrem queimaduras”, disse a vereadora Vilma Queiroz.

Crianças e idosos em risco – Durante a semana de prevenção serão feitas campanhas publicitárias em toda a cidade e principalmente nas escolas para alcançar as crianças, que mais sofrem queimaduras. Estudos revelam ainda, que um grande número de mães desconhece os riscos existentes no seu próprio lar para os seus filhos, por isso é necessário que se faça campanhas preventivas com grande ênfase nas escolas, através de campanha publicitária nos meios de comunicação para que todos saibam como se prevenir e como agir em caso de queimaduras.

Segundo dados do Ministério da Saúde, durante toda a fase de desenvolvimento das habilidades motoras de uma criança, a possibilidade de acidentes com queimaduras está sempre presente. De um a quatro anos, por exemplo, a queimadura ocupa o sexto lugar como causa de morte. De cinco a nove anos, assume a quinta posição e a segunda, se considerarmos o número de hospitalizações de crianças de um a quatro anos, perdendo apenas para os acidentes com quedas.

Entre cinco e nove anos de idade, a queimadura é o quarto motivo das internações com sequelas estéticas e motoras graves que, além de desfigurar, atrapalham o desenvolvimento social e intelectual, pois dificultam o convívio com outras crianças e a possibilidade de frequentar a escola.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 320 mil crianças morrem anualmente por essa causa. Números impressionantes, especialmente se considerarmos que, na maioria das vezes, são acidentes que ocorrem em nossas próprias casas por descuido e que, portanto, poderiam ser evitados. Um dos objetivos deste projeto é informar em todas as zonas da cidade de Manaus, quais as unidades básicas de saúde estarão aptas a prestar socorros e tratamentos especializados às vitimas de queimaduras, e também informar a população a relação dos produtos domésticos que contêm substâncias causadoras de queimaduras.

De acordo ainda com dados do Sistema Único de Saúde (SUS) cerca de um terço dos casos de lesões traumáticas registrados ocorrem com pessoas com mais de 60 anos, sendo 75% destes acidentes ocorridos dentro de casa. Por isso, campanhas serão veiculadas nos meios de comunicação para que a população de terceira idade também fique ciente do que é necessário fazer para se evitar queimaduras./// Mercedes Guzmán

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here