Projeto de Engenheiras ensina a transformar resíduos em brinquedos

Os Amigos da Saúde em Ação Solidaria (ASAS) realizaram no sábado, 15 de fevereiro, duas ações sociais simultaneamente. Uma na Igreja Presbiteriana, bairro Mauazinho, zona leste, e a outra na Rua Coronel Miranda da Silva Reis, nº 50, na igreja Evangélica Assembleia de Deus em Missões, bairro Petrópolis, zona sul de Manaus. Foram disponibilizados serviços médicos como clinico geral, fisioterapia, optometria, assistência social, psicologia, Ótica Marinho, entre outros. No destaque a participação de engenheiros que ensinaram a transformar resíduos em brinquedos e mostraram que esta categoria também trabalha o social.

O grupo ASAS trabalha com mais de trinta profissionais e o objetivo é dar acesso à saúde. O atendimento é para as populações carentes. O Dr. Israelson Taveira destacou o trabalho das engenheiras. “É importante o trabalho destas profissionais que observam as estruturas precárias das comunidades periféricas e apresentam soluções viáveis porque estes problemas nas moradias dão lugar algumas patologias que podem ser evitadas”, disse.

O fundador do projeto ASAS também falou da recepção da população e da satisfação de receber um sorriso ou um abraço de agradecimento pelo atendimento em saúde das pessoas. “O sistema de saúde ainda não atende a demanda que cresce a cada dia e o trabalho dos nossos voluntários, em parceria com as igrejas e outros, possibilita as ações sociais”.

Importância da saúde visual

O atendimento de Optometria foi de responsabilidade de Wladimir Rabelo Neto que informou que os casos atendidos se referem a defeitos refrativos. “A maioria se referem a dificuldade de enxergar e que podem ser resolvidos com a medição para uso de óculos, recomendo o uso constante de óculos adequados e praticar pausa na utilização de aparelhos eletrônicos”.

“É importante oferecer este tipo de atendimento nas ações sociais uma vez que sabemos da dificuldade através do SUS”, finalizou o optometrista Wladimir Rabelo.

Próximas comunidades a serem atendidas

O Dr. Israelson Taveira anunciou que as próximas ações do ASAS irão acontecer nos seguintes locais: bairros do Zumbi, Viver Melhor 1, 2 e 3, Prosamin I, Parque dos Buritis e nas comunidades Abelha e São Joao do Tupé.

Soluções tecnológicas com resíduos em comunidades

O projeto “Inovação e arte criando soluções tecnológicas com resíduos” em comunidades em comunidades de Manaus pretende mostrar o social da Engenharia e segundo a Eng. Aline dos Santos Pedraça. “Nos temos o objetivo de primeiramente: mapear as regiões de maior impacto de resíduos (garrafas pet, tampas e outros) nas comunidades; planejar as tomadas de decisão diante da realidade demonstrada em cada comunidade; sensibilizar as comunidades através de palestras e demonstrações; coletar, juntamente com as comunidades, os materiais residuais para a confecção dos produtos reaproveitados; manufaturar os utensílios tecnológicos e expor às comunidades fazendo uma corrente de propostas e realizações”.

Para a aplicação das atividades se propõe criar um fluxo de atividades que vão incorporando as ferramentas que hão de compor um lay-out que dimensiona os instrumentos e mecanismos que incorporam as utilidades tecnológicas. “Visamos uma sair da economia linear e caminharmos para Circular. Quando observamos esse sistema linear é o que emana na sociedade, se faz necessário reordenar, torná-lo circular para incorporar novas demandas e gerar sustentabilidade”, destacou.

“É nas ações que buscamos trabalhar esses conceitos. Também aproveitamos a expertise dos demais profissionais que temos no grupo com o PHD Yonny Romaguera Barcelay, ele ensina a matemática é física durante a construção dos brinquedos. Dessa maneira fazemos a quebra de paradigmas das profissões. Encontramos crianças que odiava matemática e que agora vai estudar para ser engenheiro”, completou a engenheira Luciane Oliveira dos Santos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here