Procurador Ângelo Goulart é preso e PF faz buscas na sede do TSE

A confirmação foi feita após consulta do deputado Augusto Carvalho

A Operação da Polícia Federal deflagrada na manhã desta quinta-feira (18) também faz buscas na sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em Brasília. A ação foca exclusivamente o procurador Ângelo Goulart, alvo de mandado de prisão na operação originada da delação premiada da JBS.

Segundo a assessoria do TSE, o procurador é investigado por suposto envolvimento com a Operação Greenfield, que apura fraudes em fundos de pensão e favorecimento a uma empresa de celulose controlada pelo conglomerado J&F, que também inclui o frigorífico JBS.

Goulart atua no TSE com o vice-procurador-geral Eleitoral Nicolao Dino, que está acompanhando as medidas da PF. A busca e apreensão é restrita à sala do procurador, que fica na área da Procuradoria-Geral Eleitoral, no quinto andar do prédio. A PF deve levar computadores e mídias.

*ESTADÃO CONTEÚDO

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here