Processo de recurso dos Tabosa pai e filho “pega fogo” na corte do TRE-AM

tabosas

Ronaldo Tabosa / Jander Tabosa

O processo que teve como relatora a Desembargadora Maria do Perpétuo Socorro Guedes nesta quarta-feira (12), referente a ação de impugnação de mandato eletivo de Jander Silva Tabosa durou cerca de 1 hora de apreciação até o Juiz Dimis da Costa Braga fazer pedido de vista tirando o processo de discussão.

De acordo com a narração do processo “Ronaldo Tabosa era vereador, mas desistiu e colocou como substituto seu filho Jander Tabosa, que por sua vez venceu nas urnas, mas teve seu mandato cassado por suspeita de fraude eleitoral, por conta de mesmo depois de substituir o pai ter todo o material de campanha ainda apresentado com o nome “Tabosa” dando a entender que pretendiam ocultar o fato do eleitorado”.

O advogado dos Tabosas, Délcio Luis Santos disse na sessão que o autor da ação contra Ronaldo Tabosa e Jander Tabosa, Jeferson Anjos da Silva (que assumirá o mandato de Jander Tabosa), caso perca mesmo o recurso, queria ganhar as eleições, mas não conseguiu e agora quer ser vereador com os votos de outra pessoa. Délcio falou ainda, que o próprio Jeferson é quem deu a chance à Jander Tabosa de concorrer as eleições em substituição do pai.

Pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), o recurso continua improvido, ou seja, mandato continua cassado. Foi nesse momento que o juiz Dimis pediu vista do processo.///Sara Matos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here