Presidente da Câmara quer explicação sobre reajustes a servidores

Dep. Rodrigo Maia
Maia disse que os parlamentares precisam de tempo hábil para debater sobre os reajustes antes de votá-los no plenário da Câmara
Maia disse que os parlamentares precisam de tempo hábil para debater sobre os reajustes antes de votá-los no plenário da Câmara

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta sexta-feira que vai pedir mais explicações à área econômica do governo sobre a nova proposta de aumento do funcionalismo público. Maia disse também que quer um tempo hábil para que os parlamentares possam discutir a matéria antes de colocá-la em votação no plenário da Casa.

O governo anunciou na quinta-feira que será concedido reajuste para categorias que fizeram acordos em 2016. Serão enviados ao Congresso Projetos de Lei (PLs) referentes àqueles assinados formalmente entre fevereiro e maio deste ano. Em nota, o Ministério do Planejamento informou que os acordos envolvem auditores fiscais da Receita Federal, delegados e agentes da Polícia Federal, médicos peritos do INSS, entre outros.

Segundo o Planejamento, o impacto dos reajustes em 2016 está previsto na Lei Orçamentária Anual (LOA) deste ano. Os impactos nos anos seguintes serão incorporados nas respectivas LOAs.

(Com VEJA)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here