Trânsito

Prefeitura retira sinalização irregular de trânsito em avenidas da zona Leste

FOTO: DIVULGAÇÃO / IMMU

Pinturas no asfalto para demarcar vaga de estacionamento, uso de cones na via para guardar vagas e placas de publicidade em cima da calçada dificultando a passagem de pedestres foram as irregularidades identificadas e retiradas na manhã desta quinta-feira, 22/7, pela Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal Mobilidade Urbana (IMMU), em avenidas da zona Leste da cidade.

Os agentes do órgão municipal de trânsito percorreram as avenidas dos bairros São José, Tancredo Neves e Coroado e retiraram os objetos que estavam sendo usados pelos comerciantes, para guardar as vagas utilizadas para estacionamento dos clientes em frente aos estabelecimentos e para embarque e desembarque de cargas. O material removido pela fiscalização foi encaminhado ao IMMU, e os proprietários orientados a não usar a via com a finalidade de preservar estacionamentos.

“Durante a ronda, retiramos vários objetos que estavam prejudicando o fluxo de veículos na zona Leste. Reforçamos a ação na Autaz Mirim, pois muitas pessoas que reservam vagas em via pública precisam ser orientadas de que estão ferindo o direito de acesso de outros cidadãos e prejudicando o trânsito”, informou a chefe da Divisão Leste do IMMU, Katiana Soares.

Durante a fiscalização, os agentes observaram que, para garantir estacionamentos aos clientes, alguns comerciantes aplicaram no asfalto a pintura de sinalização horizontal de trânsito, delimitando o espaço na via. Essa medida é proibida pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

“Ao ser observada a irregularidade, a equipe técnica do IMMU irá acionar o proprietário do estabelecimento e solicitar a retirada da sinalização. Será estabelecido um prazo para regularização, caso não seja retirada, o IMMU fará a retirada e acionará os órgãos competentes para realizarem a fiscalização do empreendimento, a fim de verificar se existe licença municipal para funcionamento”, frisou Uarodi Guedes, diretor de Engenharia do IMMU.

Ainda de acordo com ele, as sinalizações verticais e horizontais, colocadas na via de forma aleatória e sem permissão do órgão, contribuem para as causas dos acidentes.

“É uma determinação do prefeito David Almeida que a cidade seja sinalizada de acordo com os padrões exigidos pelo Código de Trânsito. Vamos retirar essas pinturas ou qualquer outra sinalização que foi implantada sem a nossa autorização. Essas placas, além de causar acidentes, geram confusão, interferem na visibilidade dos motoristas e comprometem a segurança do trânsito”, concluiu Guedes.

Deixe um comentário