Prefeitura oferece 210 vagas para curso de Cuidador Informal de Idosos

cuidador-de-idosoA Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), realizará três novos cursos de Cuidador Informal de Idosos no mês de outubro. Os cursos serão executados pelos Distritos de Saúde Leste, Sul e Norte, com a oferta de 210 vagas.

Desde 2008, a Semsa já capacitou 2.816 pessoas como cuidadores de idosos, atendendo às diretrizes da Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa para a promoção do envelhecimento saudável.

As ações de Saúde do Idoso já vêm mostrando resultados positivos em alguns indicadores, segundo o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão. Um deles é a redução na taxa de internação hospitalar de pessoas idosas por fratura de fêmur. “O Ministério da Saúde recomenda aos municípios uma redução de 2% a cada ano na taxa de internação hospitalar de idosos por esse tipo de fratura. E em 2013, pela primeira vez em Manaus, foi registrada uma redução nesse indicador”, informa Homero.

A chefa do Núcleo de Saúde do Idoso da Semsa, Maria Eliny Ribeiro da Rocha, disse que em 2012, a taxa de internação por fratura de fêmur foi de 34,12 internações para cada 10 mil idosos. Em 2013, a taxa de internação ficou em 30,44/10.000.

“A fratura de fêmur entre idosos, normalmente ocasionada por quedas, é uma das maiores preocupações por causar sérios prejuízos à qualidade de vida do idoso e por apresentar um alto índice de mortalidade no pós-cirúrgico e, nos casos mais graves, pode levar até a morte”, ressaltou Maria Eliny.

Curso

A prevenção às quedas de idosos é um dos focos do curso de Cuidador Informal. Os participantes recebem orientações sobre como evitar a queda, que nessa faixa de idade está associada à dificuldade de visão, problemas auditivos, uso inadequado de medicamentos, dificuldade de equilíbrio, perda progressiva de força nos membros inferiores, osteoporose, entre outros. Também existem questões culturais e estruturais das residências, já que o idoso ou a família algumas vezes resistem e não abrem mão de encerar o piso da casa ou continuam a manter tapetes que podem contribuir para provocar a queda.

Eliny Rocha explica que o curso não tem caráter técnico-profissionalizante e o público-alvo principal são familiares ou pessoas que já cuidam de idosos. A partir do curso, os participantes passam a ter informações em relação aos cuidados com a saúde das pessoas idosas e, também, a respeito dos serviços de assistência social voltados para esse grupo de pessoas.

“A capacitação faz parte das diversas ações que são executadas pela Semsa com o objetivo de garantir a oferta de atenção integral à saúde do idoso. Isso envolve não somente os cuidados com a saúde do idoso, mas também ações para a mudança de paradigma em relação ao envelhecimento, inclusão do tema nas agendas de políticas públicas, ampliação do acesso e qualificação do cuidado e prevenção da violência contra pessoas idosas”, explica Eliny Rocha.

Segundo o IBGE/2014, a população idosa de Manaus é de 121.173 pessoas.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here