Prefeitura inicia curso de Cuidador Comunitário

Com sucesso de público, iniciou nesta terça-feira, 20/6, a primeira turma do curso Cuidador Comunitário, promovido pela Fundação Doutor Thomas (FDT) em parceria com a Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (ESPI). As aulas acontecerão às terças e quintas-feiras, no Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) do Japiim, zona sul da capital.

 

O curso é direcionado para pessoas acima de 18 anos, de qualquer nível de escolaridade, e tem como objetivo preparar o aluno para cuidar de idosos no seio familiar, proporcionando acompanhamento adequado e qualidade de vida. A primeira turma teve 40 inscritos.

 

“Essa ação demonstra a preocupação do prefeito Arthur Neto com a questão da qualidade de vida na terceira idade e o respeito aos idosos. Essa será apenas a primeira turma, teremos outras para levar esse conhecimento a todas as zonas da cidade. É importante saber cuidar dos nossos idosos com amor e afeto e estamos trabalhando para isso”, afirmou a diretora geral da ESPI, Stela Cyrino.

 

Para a instrutora do curso, a assistente social Úrsula Castro Lapa, ações como o Cuidador Comunitário podem contribuir para que haja menos casos de violência e abandono aos idosos.

 

“O que vamos tratar aqui é como cuidar desse público, mas isso não se reduz à alimentação e à higiene. É uma questão que passa pelo respeito, pelo amor no seio familiar. Quando ensinamos as pessoas a como tratar seus idosos dentro de casa, teremos menos casos na Delegacia do Idoso e menos situações de abandono”, ponderou.

 

Empolgada com o início do curso, a contadora Mairy Castro, 44, revelou que decidiu se inscrever na atividade para cuidar da sogra, de 95 anos, que mora em Fortaleza (CE).

 

“Ela não gosta de pessoas estranhas por perto e a minha cunhada, que mora com ela, terá que passar alguns meses viajando. Eu me propus a ajudar, mas senti que precisava de conhecimento para cuidar de uma pessoa idosa, pois não tive essa experiência até agora. Foi quando soube do curso e me animei a participar. Tenho certeza que as aulas me deixarão mais segura para tomar conta da minha sogra”, contou.

 

A coordenadora Maria da Luz Abreu esclareceu que o Cuidador Comunitário difere do curso de Cuidador de Idoso, também oferecido pela ESPI em parceria com a FDT, que somam 300 horas de capacitação e forma cuidadores profissionais.

 

“O Cuidador Comunitário, que é uma novidade,  tem a ideia de proporcionar para as pessoas da comunidade o conhecimento de cuidador de idoso em sua forma mais básica, direcionado para auxiliar idosos familiares e conhecidos, garantindo  qualidade de vida dos idosos dentro da família” ressaltou.

 

O curso será realizado em quatro zonas da capital. As próximas edições serão no  CRAS do São José 4, zona leste (de 1º a 29/08); na Paróquia São Raimundo Nonato, zona oeste (de 12/09 a 10/10) e no Movimento Amigos da Zona Norte (17/10 a 21/11). As inscrições são realizadas pela Fundação Doutor Thomas.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here