Prefeitura inicia cadastro de idosos de 60 a 69 anos para vacinação contra a Covid-19

(Foto: Valdo Leão/Semcom)

Visando a próxima etapa da campanha de imunização contra a Covid-19, a Prefeitura de Manaus vai abrir nesta segunda-feira, 22/2, o cadastramento on-line das pessoas com idade entre 60 e 69 anos, residentes na capital. As faixas etárias de 65 a 69 anos e de 60 a 64 anos são as seguintes na ordem de prioridade definida pelo Ministério da Saúde (MS) para a imunização e o envio de doses está previsto para março.

O prefeito David Almeida informou que a confirmação do início da vacinação para esses grupos depende do recebimento efetivo das novas remessas. “O detalhamento do que Manaus vai receber, incluindo a quantidade e o tipo de vacina é indispensável para o planejamento”, observou o prefeito, anunciando que enquanto aguarda as confirmações, o município faz a reprogramação do que é necessário para garantir que a imunização siga de forma transparente e organizada. “E o cadastro dos idosos de 60 a 69 é uma das inovações para o fluxo de atendimento na próxima etapa”, afirmou.

De acordo com secretária municipal de Saúde, em exercício, Aline Rosa Martins, o cadastramento eletrônico poderá ser feito pelos que se encontram na faixa de 60 a 69 anos pelo sistema Imuniza Manaus (https://imuniza.manaus.am.gov.br), o mesmo acessado pelos usuários para verificação da agenda da segunda dose. A medida, segundo ela, deve facilitar a identificação nos postos de vacinação e selecionar as prioridades. “Se as doses para os próximos grupos forem enviadas de forma escalonada, como é a previsão, teremos mais uma ferramenta para ordenar as prioridades”, explicou.

Aline acrescentou que o cadastro dos usuários também vai tornar o atendimento nos postos de imunização mais rápido e seguro. “Ao invés de fazer o registro do usuário, como ocorre na fase atual, a equipe de vacinação vai precisar apenas conferir a identidade e os dados da pessoa e confirmar a aplicação da dose”, ressaltou. Ela diz que a medida também vai evitar erros de digitação e retrabalho, acelerando a consolidação das informações relativas à campanha.

Com o cadastro será possível, ainda, agendar de modo eletrônico o atendimento do idoso, como é feito atualmente para o recebimento da segunda dose. “Marcar dia, hora e local de vacinação é outra estratégia para melhorar o fluxo nos postos, com a vantagem adicional de reduzir o tempo de espera dos usuários e permitir a melhor distribuição de vacinas, insumos e pessoal em cada ponto de imunização”, avalia Aline. Ela destaca, no entanto, que o agendamento só vai ser feito quando houver confirmação da chegada das doses para essa faixa etária. “Por enquanto, será feito apenas o cadastro”.

Plataforma

Os que tiverem de 60 a 69 anos podem fazer o cadastro a partir dessa segunda-feira, 22, acessando o campo “Cadastro de Idosos” no Imuniza Manaus (https://imuniza.manaus.am.gov.br) e informando os dados solicitados.

A primeira etapa de informações solicitada pelo sistema é relativa a dados pessoais (nome, documento de identidade, CPF), além de e-mail e telefone. As etapas seguintes são para registro de local de moradia e para informar se a pessoa tem ou não comorbidades.

O cadastro será concluído apenas para os que têm entre 60 e 69 anos. Se estiver fora dessa faixa etária, ao fechar a etapa de identificação pessoal, o usuário será orientado pelo sistema a retornar quando o cadastramento estiver aberto para outras idades.

Aline Martins alerta que o cadastro não deve ser confundido com o agendamento e orienta que a população aguarde o início das novas etapas de vacinação em Manaus, que estão condicionadas ao recebimento de novas doses. “As informações sobre o andamento da campanha de vacinação estão disponíveis nos canais oficiais da Semsa e da prefeitura e estes é que devem servir de referência para que se evite dúvidas e desinformação no que refere a vacinação contra a Covid”, informou.

*Com informações da assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here