Prefeitura emite nota sobre paralisação dos rodoviários

Mais uma paralisação e a população se amontoa nas paradas
Mais uma paralisação e a população se amontoa nas paradas

Contrariando determinação judicial emitida pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) no último domingo, 25/6, que suspendia qualquer movimento grevista da categoria, uma greve promovida pelos trabalhadores rodoviários paralisou na manhã desta segunda-feira, 26/6, 100% da frota de 1.381 ônibus do transporte coletivo da cidade.

Diante disso os microônibus do transporte alternativo (de cor amarela), que normalmente circulam apenas na zona Leste da cidade, estão liberados pela Prefeitura de Manaus para seguirem ao Centro.

O transporte alternativo cobra a mesma tarifa do urbano convencional R$ 3,80 e aceita os cartões do sistema passa fácil (cartão estudante, vale transporte e cidadão).

A Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) orienta que a alteração no valor da tarifa ou a recusa em aceitar os cartões é ilegal e pode ser denunciada pelos usuários, nos números do SAC SMTU 3653 4289 e 3654 7152. O mesmo vale para o serviço de transporte Executivo que tem tarifa em vigor de R$ 4,20 e que também não pode ser alterada.

A Prefeitura de Manaus lembra que  para evitar prejuízos como este a população, sempre atuou como mediadora para o diálogo entre o sindicato dos Rodoviários e o patronal (Sinetram) e continuará agindo para que a ordem seja estabelecida no sistema.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here