Prefeitura e Governo do Estado impedem invasão em área verde

(Foto: Divulgação)

A fiscalização ambiental da Prefeitura de Manaus, juntamente com os órgãos que compõem o Grupo Integrado de Prevenção às Invasões em Áreas Públicas (Gipiap), do Governo do Estado, impediram na manhã desta sexta-feira, 1º/3, o avanço de um foco de invasão em área verde no Conjunto Campo Dourado, na Cidade Nova, zona Norte.

O foco começou a surgir no início da semana, conforme denúncias recebidas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas). Moradores relataram que focos de queimadas foram registrados na área, que levantaram suspeitas sobre a presença de invasores no local.

De acordo com a fiscalização, a invasão já havia causado o desmatamento de um trecho significativo da área verde, mas não havia ainda nenhuma demarcação de lotes. O acesso dos invasores ao local era feito pela rua Plutão. Com apoio dos policiais militares da Força Tática, foram apreendidos equipamentos utilizados para derrubada da vegetação, em área de preservação permanente do Igarapé da Onça.  A área pertence à Superintendência Estadual de Habitação (Suhab). Invasores retirados do local foram orientados a não retornarem à área protegida.

Outro foco de invasão, situado às margens da avenida das Flores, foi combatido pelo Gipiap, na manhã desta sexta-feira. O trecho invadido estava sendo preparado para a construção de um muro, englobando área verde, área institucional e área de preservação permanente, do Conjunto Ribeiro Júnior, na zona Norte. A obra foi embargada pelos fiscais do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), que participaram da operação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here