Prefeito lança obra do novo sistema viário da Constantino Nery

Essa será a maior intervenção existente na Constantino Nery. (Imagem: Reprodução)

O prefeito Artur Virgílio Neto apresentou nesta segunda-feira, 8/4, o novo sistema viário da avenida Constantino Nery, que irá interligar os bairros Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul, e São Geraldo, zona Oeste, com a construção de duas passagens subterrâneas nas ruas Pará e João Valério. “São obras que já estão planejadas há 40, 30 anos e até hoje não foram executadas. A nossa gestão passou os últimos seis anos organizando suas contas, fortalecendo seu nome junto às instituições de crédito e, finalmente, pudemos fazer essa obra, sem ter que optar entre outras de enorme interesse para a população”, afirmou o prefeito.

Essa será a maior intervenção existente na Constantino Nery e vai melhorar o trânsito no principal eixo entre as zonas Norte e Sul da cidade. Segundo o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans), aproximadamente, 11 mil veículos trafegam na região em horário de pico, incluindo os turnos da manhã e tarde.

A intervenção faz parte de um amplo programa de obras, planejado pela Prefeitura de Manaus, como verdadeiros presentes para a cidade em comemoração aos seus 350 anos, celebrados no dia 24 de outubro deste ano. Ainda conforme o prefeito, também está em andamento o projeto para a construção de outro complexo viário no conjunto Manoa, Cidade Nova, zona Norte da cidade.

O sistema viário da Constantino ocupa uma área de 35 mil metros quadrados e está orçado em R$ 64.382.984,90 – com recursos de uma operação de crédito com o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal, por meio do Fundo Municipal de Desenvolvimento Urbano (FMDU). Os serviços serão executados pelo Consórcio Manaus, formado pelas empresas JNasser Engenharia Ltda. e a construtora Soma Ltda., vencedor da licitação.

O prazo para a conclusão da intervenção é de 15 meses e os primeiros procedimentos, com instalação dos tapumes, foram iniciados ainda durante o lançamento das obras. Mas o prefeito espera que a obra seja concluída em tempo recorde, em apenas 10 meses. “Isso é possível, porque nós temos o dinheiro em caixa para pagar o que a empresa for executando. Ela executa, nós medimos e pagamos. Com isso, há essa tranquilidade e motivação para que o trabalho seja realizado em três turnos e ganharmos bastante tempo na conclusão da obra”, disse Artur Neto.

Vale destacar que a previsão é de as obras alterem o trânsito na área a partir desta terça-feira, 9/4. Confira as mudanças no trânsito por conta das obras. 

Projeto

(Foto: Altemar Alcântara/Semcom)

Conforme o projeto da Prefeitura da Manaus, uma nova pista irá interligar a rua João Valério, no sentido Leste-Oeste, com a avenida São Jorge, passando debaixo da avenida Constantino Nery. Haverá uma bifurcação, onde uma pista levará o tráfego de veículos no sentido bairro São Jorge e a outra fará uma curva à esquerda, levando o tráfego para a avenida Constantino Nery, sentido Centro, passando pela Estação de Transferência, que será construída para atender ao transporte coletivo.

A segunda intervenção sob a Constantino Nery receberá o trânsito, no sentido Oeste-Leste, interligando a rua Pará com a avenida São Jorge. As duas passagens subterrâneas desativarão sete semáforos que antes controlavam o tráfego de veículos nos dois cruzamentos, dando mais segurança a motoristas e pedestres, além de garantir agilidade e fluidez ao trânsito.

A primeira fase da obra consiste na cravação das estacas que formarão os muros das passagens subterrâneas, em paralelo à confecção das estruturas pré-moldadas em concreto na avenida Constantino Nery. Os trabalhos serão similares nas ruas João Valério e Pará, nas respectivas ordens. Mais de 100 trabalhadores das empresas ganhadoras do certame estarão trabalhando no local.

Estação de Transferência

A estação fará a conexão das linhas de ônibus dos bairros da zona Oeste, dentre eles São Jorge, Lírio do Vale, Vila da Prata, Santo Agostinho e Ponta Negra, com os ônibus articulados que vão até o Centro e/ou para os outros bairros das zonas Oeste, Leste e Norte. Segundo a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), a nova estação irá contribuir para desafogar o trânsito na área e também para a otimização do sistema.

Complementar à Estação de Transferência, também será construída uma nova Estação de Integração para atender aos articulados. Ambas serão interligadas por uma passarela, servindo tanto aos usuários dessas estações como àqueles que desejarem utilizar as demais paradas do transporte coletivo à direita da Constantino Nery.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here