Tororó e mototaxistas discutem regulamentação da classe em Manacapuru

Tororó afirmou ser importante que a classe dos mototaxistas seja regulamentada de fato e direito
Tororó afirmou ser importante que a classe dos mototaxistas seja regulamentada de fato e direito

O prefeito Jaziel Nunes de Alencar (PSC), o ‘Tororó’, esteve reunido na sede do IMTRANS (Instituto Municipal de Engenharia, Fiscalização, Segurança e Educação do Trânsito e Transportes de Manacapuru) com os mototaxistas do município  para discutir em reunião pacífica, soluções para a regulamentação da classe, em Manacapuru. Os mototaxistas presentes pediram agilidade na regulamentação, que já se estende a muito tempo, segundo eles.

O prefeito disse que ele é quem mais tem interesse que a classe dos mototaxistas seja regulamentada de fato e direito, e tudo o que está ao alcance da prefeitura para fazer, já foi feito, e inclusive com todos os prazos estipulados, e o fato de ainda não concluírem a regulamentação, não é culpa da prefeitura.

Segundo o Dr. do IMTRANS, José Junior de Paula Bezerra, o atraso para a regulamentação é o fato de muitos mototaxistas que estão fazendo os cursos de capacitação, não serem aprovados e voltam a estada zero do curso, e a desculpa seria a falta de tempo para estudar. Por isso, não conseguiram alcançar um número expressivo, para a regulamentação.

A regulamentação da categoria permite apenas 501 mototaxistas rodando em Manacapuru
A regulamentação da categoria permite apenas 501 mototaxistas rodando em Manacapuru

Os mototaxistas afirmam que cerca de 478 mototaxistas estão aptos, e questionaram se haveria como realizar a regulamentação com 501 mototaxistas. O prefeito afirmou que, quando tiver 501 mototaxistas dentro dos quesitos para a regularização, se reunirá novamente com os mototaxistas para afirmar o compromisso de regulamentação da classe. O prefeito ainda diz lamentar que o fato de muitos não se dedicarem nos estudos. Mas que após concluírem os 501, terá de concluir a regulamentação da classe, e os que ficarem de fora, terão de sair das ruas.

“Eu lamento que tenhamos que fazer desta maneira, mais temos de cumprir a lei e suas determinações, estudaremos a possibilidade de concluirmos a regulamentação da classe com 501”, disse o prefeito.

Perguntado pelo PDA, se os que ficarem de fora da regulamentação, serão retirados das ruas por pelas blitz, o prefeito disse:

“Como eu disse na reunião, após a regulamentação os que não tiverem seu certificado de conclusão do curso de capacitação, infelizmente ficarão de fora. Mas quero deixar claro que, eles continuarão tendo a oportunidade para concluírem o curso, e assim ingressarão na classe, sendo liberados a exercerem a profissão”, finalizou o prefeito.///Texto e Fotos: PDA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here