Praça Adalberto Valle é requalificada e resgata identidade da Belle Époque

(Foto: Marcio James/Semcom)

Conectada à praça Tenreiro Aranha, a praça Adalberto Valle está sendo requalificada e recebe ações de infraestrutura em seu entorno, que estão dando vida nova ao conjunto histórico do centro de Manaus. Na tarde deste sábado, 8/12, o prefeito Artur Virgílio Neto e a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro estiveram acompanhando o trabalho de recapeamento no entorno do local.                              

“O nome da praça se deve ao fundador do antigo Hotel Amazonas, que já foi um dos mais bonitos prédios desta área. A praça Adalberto Valle integra as obras do PAC Cidades Históricas e, por isso, demorou um pouco, porque depende de recursos federais. Mas o fato é que ela está linda e forma um belo conjunto para receber os turistas no Centro”, afirmou o prefeito.

Localizada na avenida Floriano Peixoto, a praça está num ponto de grande visibilidade para quem chega à cidade pelo Porto de Manaus. O espaço é bastante frequentado por abrigar um dos bares mais tradicionais da capital: o Bar do Jangadeiro.

E quem já viu boa parte do crescimento da cidade e vivenciou o clima da Manaus Antiga, espera ansioso pela volta dos velhos tempos. Foi o que disse o músico César Lobo, de 65 anos, cliente do Jangadeiro e que relembrou a importância da praça Adalberto Valle. “Isso aqui revitalizado era o que a minha mãe queria ver. Lembro dela contar quando as águas invadiram o Centro de Manaus e hoje vemos essa maravilha de praça. Espero poder cantar na inauguração. Agora, só faltam os lampiões se acenderem”, brincou ao se referir ao tipo de luminárias instaladas na praça.

A requalificação urbanística da praça Adalberto Valle foi planejada pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) e passou por aprovação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), visando o resgate dos traçados originais, datados de 1920. A obra está sendo executada pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e contempla novo calçamento com pedras portuguesas, adequação da área quanto à acessibilidade, paisagismo, instalação de bancos e novo sistema de iluminação pública.

“Além da nova paginação, fizemos a infraestrutura de todo entorno da praça, com recapeamento e recuperação do meio-fio com padrão histórico. A rua lateral recebeu paralelepípedos e parte dos trilhos do antigo Bondinho foi resgatada”, explicou o secretário da Seminf, Kelton Aguiar.

A expectativa da prefeitura é de que depois de implantada a nova sinalização de trânsito, o espaço possa ser entregue oficialmente para a população. O projeto da praça envolve, ainda, a restauração do Pavilhão Universal, que será transportado da praça Tenreiro Aranha para a Adalberto Valle em outra fase das obras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here