Policlínica Codajás implanta serviço de referência na área de ginecologia

atendimento-medicoA Secretaria de Estado de Saúde (Susam) coloca em funcionamento nesta quarta-feira (08), na Policlínica Codajás, mais um Serviço de Referência para Diagnóstico e Tratamento de Lesões Precursoras de Câncer de Colo de Útero (SRC), que vai reforçar as ações de enfrentamento da doença, que ainda tem uma incidência alta no Amazonas. “O lançamento deste novo serviço na área de ginecologia integra a programação organizada pelas unidades da Susam para marcar o Outubro Rosa, evento mundial que tem a finalidade de reforçar a prevenção ao câncer de mama e que, no Amazonas, também aborda a prevenção ao câncer cervical”, destaca o secretário estadual de Saúde em exercício, José Duarte dos Santos Filho. Na Policlínica Codajás, o SRC será implantado por meio de parceria entre a Susam e a Universidade do Estado do Amazonas (UEA). 

O secretário destacou que, neste mês de outubro, a Susam está implantando um novo protocolo de atendimento para facilitar o acesso de mulheres com lesões de alto grau no colo uterino, à rede de atenção de média complexidade, encaminhando-as diretamente às unidades especializadas neste tipo de tratamento. A reorganização do fluxo, que envolve unidades da rede estadual e também da atenção básica, permitirá agilizar o tratamento, o que é importante, por exemplo, para evitar que lesões precursoras evoluam para o câncer de colo de útero.

O secretário de Atenção Especializada da capital, Wagner William de Souza, destaca que a Susam vem desenvolvendo um conjunto de ações voltadas à saúde da mulher que, na área de prevenção ao câncer de colo de útero e de mama, que inclui programas como a vacinação contra o HPV em meninas de 11 a 13 anos de idade, a instalação de mamógrafos no interior do Estado e a qualificação da rede de ambulatórios. “O novo protocolo de atendimento foi resultado de uma ampla discussão envolvendo, além de técnicos da Susam, profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e da Universidade Federal do Amazonas (Ufam)”, disse Wagner Souza.

O SRCs estão sendo implantados em cinco policlínicas da Susam e da Semsa: Gilberto Mestrinho, Codajás, João dos Santos, Braga, Castelo Branco, Comte Telles além do Ambulatório Araújo Lima, anexo ao Hospital Universitário Getúlio Vargas. “Com esses novos serviços, além de facilitar o acesso das mulheres ao diagnóstico e tratamento, estamos agregando serviços de maior complexidade no âmbito das policlínicas, como forma de descentralizar o atendimento que hoje é feito quase que exclusivamente pela Fundação Cecon”, diz Wagner Souza. Segundo ele, em breve, assim como está ocorrendo como a área de prevenção ao câncer do colo do útero, também a área de câncer de mama terá os serviços de referência de diagnóstico e tratamento de câncer de mama passará pelo processo de descentralização.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here