Polícia encerra festa com 700 pessoas na casa de Elba Ramalho

A festa foi informada à polícia através de denúncia anônima ─ Imagem: Reprodução

Após ouvir diversas críticas, a cantora Elba Ramalho, 69, quer processar os responsáveis por promover uma festa em sua casa no vilarejo de Trancoso, na Bahia. O evento foi interrompido pela polícia, e o assunto viralizou na internet após saberem que a casa era de uma pessoa famosa.

Elba relatou à F5, que a residência estava alugada desde o dia 24 de dezembro e que ao entregar o imóvel alertou que não poderia ser realizado eventos. No entanto, uma grande festa foi realizada na casa. Agora a cantora disse que vai exigir o imóvel de volta por quebra de contrato.

Estou exigindo agora, que as pessoas estão lá na casa, façam vídeo, e assumam a responsabilidade. Vou processar por danos morais, porque estou sendo, vamos dizer assim, entrei no olho do furacão por conta deles. Estive na casa dois dias, fui levar máscara para os funcionários, cheguei a falar com um deles ‘por favor, vocês não podem fazer eventos’”, explicou Elba.

A cantora disse ainda que no dia do ocorrido, estava na missa, na igreja de São João Batista, e enquanto a casa está alugada, se encontra hospedada no Club Med de Trancoso. Os shows da artistas da atual temporada foram cancelados por conta da pandemia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here