Polícia Civil prende grupo que roubou a renda de R$ 32,5 mil de frigorífico

Foto: Erlon Rodrigues/PCAM
Foto: Erlon Rodrigues/PCAM

A Polícia Civil do Amazonas, representada pelo delegado Adriano Felix, titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), falou neste sábado (7) durante coletiva de imprensa realizada no prédio da especializada, sobre as prisões, em flagrante, de Alderllam Marques Lima, 35, e do cunhado dele, William da Silva Lima, 25, envolvidos em roubo de R$ 32,5 mil, referentes à renda de um frigorífico que tem entre os sócios um tio de Alderllam.

Conforme Felix, durante as diligências em torno do crime, Ellen Simone Pereira Heinrichs, 18, foi presa com seis porções de substâncias ilícitas, entre cocaína, oxi e maconha. De acordo com a autoridade policial, a equipe de investigação da Derfd prendeu Alderllam e William na tarde de sexta-feira (6/4), por volta das 16h, na casa de Alderllam, situada na avenida Max Teixeira, primeira etapa do bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus.

Ellen foi presa pelos policiais civis da especializada no bairro Nova Cidade, zona norte da capital, no momento em que estava na residência do companheiro dela, que também está sendo investigado por participação no roubo. Adriano Felix ressaltou que além de Alderllam e William, o namorado de Ellen e um quarto elemento, que já identificados pela polícia, participaram ativamente da ação criminosa, que foi registrada por câmeras de segurança instaladas nas proximidades do local onde aconteceu o roubo.

“Ao analisarmos as imagens, identificamos que Alderllam e William deram as coordenadas aos outros dois indivíduos. Na tarde de quinta-feira (5/4), por volta das 13h, o gerente financeiro do frigorífico, um homem de 49 anos, estava chegando na casa dele, situada no bairro Flores, zona centro-sul, com a renda do estabelecimento, em torno de R$ 32,5 mil. Na ocasião, foi abordado pelos dois indivíduos contratados por William, que estavam em uma moto, da marca Honda, modelo CG 160, de cor vermelha, e anunciaram o roubo”, disse Felix.

O delegado enfatizou que a vítima foi abordada de maneira agressiva e chegou, inclusive, a levar coronhadas na cabeça para entregar a bolsa que carregava com a renda do frigorífico. Logo após a ação criminosa, o homem foi até o prédio da Derfd formalizar a ocorrência.  Segundo Adriano Felix, os dois elementos que efetuaram o roubo já foram identificados pela Polícia Civil, mas não tiveram os nomes divulgados para não comprometer o andamento das investigações.

“Durante as diligências, verificamos que Alderllam possuía cargo de confiança no frigorífico, em razão de ser sobrinho de um dos sócios daquela empresa. Constatamos, ainda, que Alderllam tinha informações sobre o dia e a hora em que ocorreria o pagamento do dinheiro subtraído. Desta forma repassou aos comparsas. Já William foi o responsável por recrutar os outros dois indivíduos que participaram ativamente do crime”, argumentou o titular da Derfd.

Investigação – Adriano Felix disse que as diligências para localizar e prender os infratores levaram até a casa do companheiro de Ellen, situada no bairro Nova Cidade, zona norte da capital. A equipe de policiais civis da Derfd, ao realizar revista no imóvel onde estava a infratora, encontrou seis porções de entorpecentes, entre cocaína, oxi e maconha.

“Ellen não participou do roubo. A jovem estava em uma das residências que a equipe adentrou para prender o outro integrante, quando ocorreu o flagrante por tráfico de drogas. Em consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), constatamos que a jovem possui passagem pela polícia por roubo de um veículo, ocorrido em fevereiro deste ano”, pontuou o delegado.

Flagrante – Para concluir, a autoridade policial ressaltou que do valor subtraído, a Derfd recuperou R$ 12 mil que estavam em posse dos infratores. Segundo Felix, R$ 4 mil oriundos da prática criminosa estão depositados em uma conta bancária de Alderllam e o valor já foi bloqueado. “As investigações em torno do caso vão continuar. A Polícia Civil estará trabalhando com o intuído de identificar, qualificar e prender esses dois sujeitos que estão com a outra parte do dinheiro”, afirmou.

Alderllam e William foram autuados em flagrante por roubo majorado. Já Ellen irá responder por tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis na Derfd, o trio será levado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona sul de Manaus.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here