Polícia Ambiental apreende duas toneladas de pirarucu e tambaqui ilegais

O pescado apreendido será doado à instituições de caridade ─ Foto: Divulgação

A Polícia Militar apreendeu aproximadamente duas toneladas de tambaqui e pirarucu pescados ilegalmente no início da manhã deste domingo (27). Atuaram na ação policial o Comando de Policiamento Ambiental (CPAMB) e Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAMB).

Segundo o tenente Elinaldo Cordovil, as equipes policiais foram

acionadas por volta das 5h, por meio do disque-denúncia. O oficial afirmou que a documentação relativa aos peixes, apresentada pelo dono da carga, é falsa.

“Foi apresentada uma guia de transporte com numeração que não condizia com a registrados no sistema do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama)”.

Em consequência disso, não houve somente crime de transporte de pescado ilegal, bem como também de falsificação de documento, segundo o tenente.

O responsável pelo pescado foi identificado, porém não teve a identidade divulgada pela polícia. O homem foi autuado em flagrante. “Ele afirmou que não sabia que o pescado era ilegal”, disse Cordovil.

Os peixes, que foram apreendidos durante vistoria de rotina da polícia, serão doados a instituições de caridade.

O dono da embarcação, que também não teve a identidade divulgada, não sofrerá nenhuma penalidade. De acordo com o tenente, os donos dos barcos não são obrigados a conhecerem questões técnicas relacionadas à documentação dos pecados.

“É interessante que os donos das embarcações, quando não tiverem segurança com relação às questões documentais, colaborem com a polícia. O dono dessa embarcação nos levou até o proprietário da carga”, disse Cordovil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here