PM agride e imobiliza estudante ao separar briga em escola do DF

PM diz que ação visou a proteção de aluno. (Imagem: Reprodução)

Um agente da Polícia Militar do Distrito Federal (PM-DF) foi filmado agredindo um estudante durante ação para separar briga entre alunos de uma escola em Ceilândia. O episódio se deu na manhã desta sexta-feira (26) e os vídeos da ação truculenta rapidamente se espalharam pelas redes sociais.

Nas gravações, é possível ver o PM derrubando um estudante no chão para imobilizá-lo, segurando-o pelo pescoço, enquanto outros alunos se mostram assustados. “Vou filmar, vou filmar. Tão batendo”, diz o autor de uma das filmagens.

A confusão ocorreu no Centro Educacional nº 7 de Ceilândia , que é uma das escolas que passaram a ter gestão compartilhada entre as secretarias de Educação e de Segurança Pública.

A ação truculenta da polícia motivou revolta por parte de alunos, que se reuniram em frente à escola após as aulas para protestar. Segundo estudante ouvido pela reportagem do jornal Correio Braziliense , ao menos dois jovens ficaram machucados por conta da ação dos policiais.

Em nota, a Secretaria de Educação do Distrito Federal disse que a Polícia Militar apenas “separou os envolvidos” em uma briga entre estudantes, “evitando que se machucassem”. Os alunos foram encaminhados à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), ainda de acordo com a pasta, que exaltou o bom histórico do colégio.

“A secretaria informa, também, que a Comissão de Direitos Humanos da OAB-DF esteve recentemente no CED 7 e emitiu parecer positivo sobre a gestão compartilhada da escola”, destacou o governo do DF.

Ao Correio , a Polícia Militar do DF informou que a confusão envolveu três alunos e que o PM flagrado nos vídeos “deitou por cima do adolescente agredido, que se encontrava no chão, a fim de protegê-lo”. “Entretanto, os outros dois alunos continuaram as agressões, inclusive contra o policial militar”, completou a nota.

fonte: correio braziliense

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here