PF realiza operação de combate a fraudes em licitações em três estados

Segunda fase da Operação Tritão mira um político e ex-diretores da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), além de empresários. Novos desvios foram identificados em contratos de R$ 100 milhões firmados pela estatal.

Ação acontece com apoio da Controladoria Geral da União e do Ministério Público Federal. São cumpridos mandados de prisão temporária e de busca e apreensão. Ação se concentra no Rio, Ceará e São Paulo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here