Petrobras aumenta preço do gás de botijão

A companhia informou ainda que as distribuidoras são as responsáveis pelo envase em diferentes tipos de botijão e, junto com as revendas, são responsáveis pelos preços ao consumidor final

Dezoito meses após o último reajuste, a Petrobras anunciou nesta sexta (17) aumento no preço do gás de botijão. A alta será de 9,8% e começa a vigorar na próxima terça-feira (21).

De acordo com a estatal, se o repasse for integral, o preço do produto na revenda subirá 3,1%, ou R$ 1,76 por botijão.

O reajuste vale apenas para o gás vendido em botijões de 13 quilos, mais usados por residências. Outros vasilhames maiores e o gás vendido a granel não terão mudança de preços.

O último reajuste realizado pela Petrobras ocorreu em 1º de setembro de 2015. Na ocasião, a alta foi de 11%.

O preço do gás de botijão permaneceu congelado entre 2002 e 2015, como parte de uma política para controlar a inflação.

“Como a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, as revisões feitas pela Petrobras nas refinarias podem ou não se refletir no preço final ao consumidor. Isso dependerá de repasses feitos especialmente por distribuidoras e revendedores”, disse a estatal.///FOLHAPRESS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here